Estrogonofe, sushi… Veja pratos estrangeiros que ganharam uma versão brasileira

    0

    Seja por questão de gosto, para compensar um ingrediente mais caro (ou raro) ou ainda por invencionice pura e simples, o fato é que a versão brasileira de alguns pratos estrangeiros não tem quase nada a ver com sua origem. Nem por isso eles deixam de ser saborosos, claro, mas vale a pena conhecer algumas das combinações originais e as transformações que passaram para se tornarem “coisa nossa”.

    Mauro Holanda/Divulgação
    Estrogonofe, sushi... Veja pratos estrangeiros que ganharam uma versão brasileira

    Estrogonofe

    O prato de origem russa é feito, em sua origem, com creme de leite azedo e servido somente com arroz ou ainda macarrão como acompanhamento – ou seja, nada de batata palha por cima. Outras adaptações da receita para diferentes paladares incluem o uso de carne de frango, peixe ou camarões, ou mesmo a inclusão de molho de tomate entre os ingredientes.
    Wikipedia
    Estrogonofe, sushi... Veja pratos estrangeiros que ganharam uma versão brasileira

    Sushi e sashimi

    Que sushi frito (o popular “hot roll”), com cream cheese ou recheado com frutas não devem ser muito tradicionais, você provavelmente já desconfiava. Mas sabia que o sushi de salmão, estrela de dez entre dez rodízios, não é invenção japonesa também? O peixe só entrou na receita nos anos 1980 – isso porque o salmão pescado no Japão é considerado de baixa qualidade. Foram os noruegueses que venderam a ideia de que o peixe, em sua versão do Atlântico Norte, poderia, sim, ser servido na forma de sushi. O resto é história: a predileção dos brasileiros por salmão acabou fixando esta versão do prato no imaginário – e nos menus dos rodízios de sushi, outra invenção bem brasileira.
    Antônio Rodrigues/Divulgação
    Estrogonofe, sushi... Veja pratos estrangeiros que ganharam uma versão brasileira

    Filé à parmegiana

    O clássico das cantinas não é italiano de origem. O filé à parmegiana, na verdade, é uma mistura de dois pratos italianos clássicos: o bife à milanesa e a berinjela à parmegiana. Acredita-se que o prato tenha tido origem em São Paulo, fruto da saudade dos imigrantes italianos que acabaram amalgamando as duas receitas em um só prato, para a alegria de muita gente.
    Getty Images
    Estrogonofe, sushi... Veja pratos estrangeiros que ganharam uma versão brasileira

    Pizza

    O assunto é bem polêmico, mas não dá para negar: a pizza servida no Brasil não é, de fato, a mesma da origem na Itália. Na matriz, o prato é individual, de massa mais fina e com gama de recheios bem menos fartos e variados que a versão verde-amarela. Para os italianos, os sabores mais tradicionais são a Marinara (com molho de tomate, azeite, óregano e alho) e a Margherita (com muçarela e manjericão fresco). Nada de pizza de chocolate ou de frango com Catupiry (invenção brasileiríssima) – e, principalmente: nada de ketchup ou mostarda, como acontece em algumas regiões brasileiras.
    Divulgação
    Estrogonofe, sushi... Veja pratos estrangeiros que ganharam uma versão brasileira

    Bolo Floresta Negra

    A Schwarzwälder Kirschtorte foi criada em 1905 na Alemanha e ganhou o mundo. O ingrediente mais destacado da receita original não é tanto o chocolate, mas sim o kirsch, bebida alcoólica à base de cerejas usado para regar o bolo – e que é considerado obrigatório na Alemanha para que o doce possa ser vendido com o nome de Floresta Negra. No Brasil, cerejas frescas e kirsch não são tão fáceis de achar, por isso muitas versões do bolo são servidas com cerejas em calda e sem o componente alcoólico.
    As informações são do Uol.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here