Estratégia de reeleição de vereador do Conde é se casar em cemitério municipal

0

Para angariar votos os candidatos neste ano não vão poupar esforços. Disto ninguém tem dúvidas. Porém, alguns chegam a situações, um tanto ‘diferentes’ para chamar atenção de seu eleitorado. Foi o que aconteceu com o vereador Fábio Melo (PTdoB), conhecido como Fábio Tatu no município do Conde, litoral sul da Paraíba, que afirmou que irá se casar em um cemitério em setembro, mês que antecede as eleições deste ano.

O próprio parlamentar confirmou os boatos que estavam ocorrendo durante a semana na cidade, justificando que é apenas casado no civil e que agora deseja realizar o matrimônio também no religioso, mas não de uma forma habitual, mas diferenciada e por esta causa escolheu se casar em um cemitério. Aparentemente, a estratégia do parlamentar seria conseguir a reeleição utilizando o mesmo “modus operandi” do artista Tiririca, que hoje é deputado federal pelo Partido Republicano de São Paulo (PR-SP), e foi reeleito apenas com campanhas engraçadas, no lugar de propositivas.

“Eu sinto esse desejo e quero me casar no religioso com minha amada, mas quero um casamento diferente, e esta foi a forma que encontrei para me casar de uma maneira não convencional. Sou parlamentar eleito pelo povo, então minha maior satisfação é fazer a festa junto ao meu povo condense”, comentou.

O parlamentar, que já ocasionou outros momentos ‘diferentes’ na cidade – já participou de bloco carnavalesco vestido de mulher e chegou sob uma carroça na Câmara Municipal – em outros momentos, comentou que gostaria que a população do município presenciasse seu casamento, assim como lamentou o desejo de não ter o comparecimento de Zé do Caixão na cerimônia.

“Quero me casar e já temos o mês, será em setembro, só falta a data. Também sobre os convidados, queremos que nosso povo vá prestigiar este momento em minha vida, mas também queria a presença de Zé do Caixão, mas infelizmente ele já não estar mais entre nós, pois faleceu em 2011”, admitiu.

A esposa dele, conhecida como Patricia, afirmou que apoia a atitude do marido, assim como confirmou a presença no ato matrimonial, celebrando o amor entre os dois.

“Se essa é a vontade dele, não posso me opor, pois sou feliz com tudo que ele pretende realizar. Se tá bom pra ele, pra mim também fica”, disse.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here