Espetáculo sobre o assassinato de João Pessoa chega ao Santa Roza neste sábado

0

Um ano em cartaz, sucesso de público e crítica e visto por mais de 8 mil espectadores, o premiado espetáculo “De João para João”, sobre o assassinato do presidente João Pessoa, volta a cartaz na capital paraibana a partir desse sábado (01 de abril), desta vez no Theatro Santa Roza.

A peça, que estreou no dia 01 de abril do ano passado, coincidentemente chega ao Santa Roza no dia em que se comemora um ano de sua estreia, a qual aconteceu na cidade de Guarabira e passou por outras cidades paraibanas, até chegar à capital. Em maio de 2016, fez temporada no Teatro Paulo Pontes registrando um grande público em suas apresentações. Fez outra temporada em julho na Usina Cultural Energisa e diversas sessões para estudantes de várias escolas.

Apresentou-se, ainda, dentro da programação do projeto Made in Lima (Teatro Lima Penante), e no Teatro Piollim, dentro do festival Aldeia Sesc de Teatro, quando recebeu os troféus de Melhor Direção, Dramaturgia e Interpretação.

Agora, chega ao Teatro Santa Roza para quatro apresentações nos dois primeiros finais de semana de abril (dias 1, 2, 8 e 9 do mês), sempre a partir das 20 horas. Os ingressos serão vendidos na portaria do teatro aos preços de R$ 30,00 (Inteira) e R$ 15,00 (Meia).

O espetáculo trata dos últimos instantes do presidente João Pessoa, antes de ser assassinado, como resultado de uma intensa pesquisa sobre a história da Paraíba e a revolução de 30 no Brasil. Toda a ação acontece no ano de 1930, precisamente na tarde em que o então governador da Paraíba (na época chamado de presidente), foi assassinado na cidade de Recife, dentro de uma confeitaria.

A trama se baseia na carta escrita pelo seu assassino, o advogado João Duarte Dantas – um texto que ele publicou no Jornal do Comércio com o título “Às Voltas com um Doido”. A peça é de autoria do teatrólogo Tarcísio Pereira, que também assina a direção e atua no papel de João Pessoa ao lado de Flávio Melo, este último no papel de João Dantas. O famoso crime de 26 de Julho, ocorrido na Confeitaria Glória (Recife), é mostrado num ambiente de notícias da época, com informações curiosas da história da Paraíba naquele período tão conturbado.

Além dos dois atores, que contracenam do início ao fim sem saírem de cena, a peça leva a assinatura de importantes profissionais do teatro e das artes na Paraíba. A música original, composta exclusivamente para a peça, é de autoria do maestro e compositor Eli-Eri Moura, da Universidade Federal da Paraíba.

A iluminação é de João Batista Mendonça, operação musical de Bruno Fonseca, fotografia de Antonio David, Arte Visual de Cristovam Tadeu, coordenação técnica de Claudevan Ribeiro e assistência de produção de Ana Paula Alves. O espetáculo “De João para João” tem a produção do grupo Sagarana Produções Teatrais.

 

Serviço: De João para João

Local: Theatro Santa Roza

Dias e horários: 1, 2, 3 e 4 de abril – 20h.

Ingressos: R$ 30,00 (Inteira) R$ 15,00 (Meia).

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here