Espetáculo Rede Po(ética) é apresentado no Teatro de Arena sexta e domingo

    0

    A Cenário Cia de Dança apresenta, nesta sexta-feira (21) e domingo (23) o espetáculo Rede Po(ética). As apresentações acontecem às 19h, no Teatro de Arena Leonardo Nóbrega do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa. A direção é de Izabella Aranha, que também participa como bailarina. Os ingressos antecipados podem ser comprados ao preço de R$ 10 na loja Devant. Na bilheteria, a entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (estudante). O espetáculo se apresenta dentro do projeto Ocupação Funesc.

    De acordo com a sinopse, Rede Po(ética) é uma criação coletiva da Cenário Cia de Dança. A temática está voltada para as redes sociais e as consequências do seu uso na sociedade atual. A escolha de tratar de algo tão contemporâneo trouxe informações infinitas e que parecem em constante mutação.

    Várias referências foram usadas no processo coreográfico que durou um ano e meio. Em cada cena pensada, as bailarinas, que são co-criadoras, experimentavam incessantemente até encontrar, em seus movimentos, menções as mensagens de cada momento do espetáculo.

    A cada nova investigação consciente o grupo percebeu o nascimento de imagens, sensações, memórias que foram alimentando o movimento de cada cena e o corpo integral para “Rede Poética”. Também foram usados estímulos criados por laboratórios de pesquisa. Textos, poesias, músicas criadas foram conectados, um atrelado ao outro, como se o grupo pudesse tecer uma rede com pedaços de vivências e memórias do grupo para transformar movimentos do cotidiano em dança.

    Um ponto chave na concepção de Rede Po(ética) foi a trilha sonora, composta por Erick de Almeida e criada originalmente para o espetáculo. Cada música/cena foi concebida em conjunto com o pensamento da Cia e influenciaram em todo ação cênica. Em algumas cenas optou-se por não ter a trilha sonora como estímulo. Esse processo, novo para Cia, desafiou as bailarinas a uma consciência diferente da capacidade criativa individual e coletiva da Cia.

    Do riso ao choro, Rede Poética discute a dualidade entre o mundo real e o mundo virtual: redes sociais, personagens, celulares, artificialidade, auto-exposição, isolamento, acorrentamento, dependência e o ridículo são apenas alguns temas abordados em nosso espetáculo.

    Junto à criação coreográfica, a Cia buscou uma estética diferente para a visualização do espetáculo – diferente de outros do Cenário, “Rede Po(ética)” não foi preparado para palco italiano. A ideia do grupo foi a de que a plateia estivesse mais próxima e conectada e com olhares diferentes dependendo do local de visualização. A cenografia e iluminação de Giuliano Barreto são um projeto único e que fazem parte da identidade visual de “Rede Po(ética)”. Com esse formato a Cia pretende apresentar o espetáculo em locais alternativos, como ruas e praças, e no caso de teatros o espetáculo acontece com o público sentado no palco.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here