Ricardo relembra relação truculenta do governo Cássio com os servidores

    2

    O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’, relembrou, nesta terça-feira (18), durante entrevista à Rádio Arapuan FM, em João Pessoa, a relação truculenta entre a gestão do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o funcionalismo público estadual.

    “Qual era a paz que houve entre 2003 e 2009? A gestão dele enfrentou seis greves na educação porque o governo dele na pagava o piso da Educação; enfrentou ainda uma grande greve na Polícia Militar por conta dos baixos salários, inclusive pela disparidade entre ativos e inativos. Que diálogo é esse que ele tanto fala? Truculento é quem não dialoga com o servidor e não governa para quem mais precisa”, enfatizou Ricardo.

    O candidato da ‘Força do Trabalho’ ainda lembrou que quem tem que ser chamado de truculento é Cássio, que conviveu em sua gestão com a ‘fila da morte’ de recém-nascidos com doenças cardiopatas, com o Hospital de Trauma de João Pessoa sem condições de funcionar e com a ausência de medicamentos indicados pela Justiça. “O que o adversário tem é uma grande conversa, e o mundo não gira em torno de conversa. Ele não tem o que mostrar e, por isso, ataca, inventa”, criticou Ricardo.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here