Encrencados na Justiça, aliados de Cássio participam de ato contra corrupção em CG

2

Investigados pela Justiça e filiados ao PSDB, o vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, e o deputado estadual Tovar Correia Lima participaram neste domingo (13) do ato pró-impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e contra a corrupção. A mobilização da Rainha da Borborema reuniu cerca de 3 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. A organização, porém, estimou 5 mil manifestantes.

Leia também:

Turmalina Paraíba: decisão judicial revela envolvimento de Cunha Lima

Parente de Cássio é preso em CG por suspeita de compra de voto

Irmão do senador Cássio Cunha Lima, o vice-prefeito de Campina Grande é investigado pela operação Sete Chaves, deflagrada no dia 27 de maio do ano passado pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal, com o intuito de desarticular organização criminosa que atuava na extração ilegal e comercialização da Turmalina Paraíba, uma das pedras mais valiosas do mundo. O processo segue no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5). Ronaldo Filho nega envolvimento.

Já o deputado Tovar Correia Lima foi preso às vésperas da eleições de 2014, no bairro das Malvinas, em Campina Grande, suspeito de compra de votos. Na época, o parlamentar tucano, que é genro do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Fernando Catão, tio do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), foi liberado após pagamento de fiança no valor de R$ 50 mil.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Paulo Felipe Costa, a prisão do então candidato a deputado ocorreu quando policias e uma equipe do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) realizavam rondas no bairro e desconfiaram de veículos em atitude suspeita.

Durante a abordagem, os policiais e os fiscais do TRE encontraram dentro de dois carros dez cestas básicas e material de construção, além de ‘santinhos’ do hoje deputado. Uma lista com nomes de leitores também foi encontrada.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here