Encontro regional discute ações de enfrentamento ao trabalho infantil

    0

    Cerca de 400 pessoas, entre gestores municipais e estaduais de Alagoas, Bahia, Pernambuco, Paraíba e Sergipe participam até esta sexta-feira (21), no auditório da Federação Espírita, do Encontro Intersetorial das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) – Região Nordeste. O objetivo do evento é ampliar esforços no combate ao trabalho infantil na região Nordeste.

    A abertura do evento, nessa quinta-feira (20), teve a participação da secretária de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), Aparecida Ramos de Meneses, e da secretária nacional de assistência social, Denise Colin, entre outras autoridades. O grupo de percussão formado por crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Cruz das Armas fez a apresentação cultural.

    Para Aparecida Ramos, o trabalho infantil é uma das piores formas de violação de direitos que precisa ser enfrentada com o esforço de todos. Ela destacou que o Governo do Estado, por meio da Sedh, tem realizado ações importantes de enfrentamento ao Trabalho Infantil e continuará comprometido com a causa.

    “No próximo ano, o governador Ricardo Coutinho quer investir ainda mais nesta questão de criança e adolescente, na proteção integral, no acolhimento e, sobretudo, para retirar crianças das feiras, dos trabalhos domésticos e dos lixões. Porém, esta é uma tarefa que não é só do Governo do Estado, mas de toda a sociedade”, afirmou.

    Ela ressaltou ainda que a sociedade precisa mudar a visão cultural que tem sobre pobreza. “Tem gente que diz que o melhor para crianças pobres é que elas estejam trabalhando. Mas, esta opção não pode existir. Pobreza a gente combate com distribuição de renda e com políticas públicas”, acrescentou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here