Em três dias, Programa de Artesanato da PB contabiliza R$ 54 mil em vendas

    0

    O Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) contabilizou R$ 54 mil em vendas em apenas três dias de evento durante o Circuito de Artesanato Paraibano nos shoppings de João Pessoa (Mangabeira, Manaíra e Mag Shopping) e Campina Grande (Partage). O sucesso se confirma com o número de peças vendidas, ultrapassando mais de 1 mil, por meio do trabalho de 701 artesãos de 25 cidades paraibanas.

    Centenas de pessoas visitam os estandes diariamente e o balanço positivo aumenta a expectativa de vendas nos próximos dias. A gestora do PAP, Lu Maia, ressalta que, “no momento em que o país vive uma atenção especial voltada para a economia, o artesanato chega para mostrar que é uma ferramenta de negócio imediato ou no pós-feira. Os artesãos estão fazendo um investimento acima de tudo”. Ela acrescentou que o sucesso também vem quando “temos paciência, sabedoria e visão de futuro”.

    Para a artesã de couro, natural de João Pessoa e residente em Mangabeira, Socorro Vasconcelos, a feira no Shopping Mangabeira é mais uma vitrine para mostrar a sua arte desenvolvida em parceria com o marido. “Procuramos sempre adaptar o que temos, inventar novas peças para agradar nossa clientela e conquistar novos públicos. O espaço é novo, mas está sendo bem visitado e reconhecido; gera uma fonte de renda extra enquanto o Salão de Artesanato de Campina Grande, no mês de junho, não chega”, comemora.

    O casal de estudantes Katiane Kaline e Lucas Farias, se encantou com as peças. “A iniciativa é excelente porque o artesanato paraibano é único e de boa qualidade. Surge mais um ponto de adquirir coisas boas e é bom que visitantes de outros lugares possam ter acesso também a esses produtos. Vamos divulgar aos nossos amigos que certamente ficaram encantados”, elogiou Lucas.

    Outra novidade que tem chamado a atenção no hall da Praça de Alimentação são as biojóias produzidas pelas artesãs do projeto Sereias da Penha, da Associação de Pescadores da Praia da Penha. O grupo de 40 mulheres foi acompanhado pelo estilista mineiro Ronaldo Fraga em novembro do ano passado. Ele ministrou um curso que tinha o objetivo de provocar um olhar diferenciado nas mulheres para que criassem a sua própria identidade nas peças valorizando a cultura local. Com isso, várias peças já vão desfilar nas passarelas do São Paulo Fashion Week Verão 2016, o maior evento de moda brasileira, que acontece no próximo mês de abril.

    A representante do grupo, Janaína Freire, comemorou o sucesso e disse que a iniciativa “aumentou a geração de renda da comunidade, melhorou a autoestima das mulheres e ainda contribuiu para as escamas de peixe não agredirem o meio ambiente”.

    Já no Shopping Manaíra, o jovem ceramista José Carlos, natural do bairro Jardim Aeroporto, em Bayeux, tem feito muito sucesso com a perfeição da confecção de busto de pessoas. Com foto ou ao vivo, o artesão retrata, de maneira fiel, utilizando argila e um bastão de madeira, os traços dos clientes em apenas 30 minutos. Cada peça sai ao custo de R$ 70, um valor abaixo de mercado quando comparado ao trabalho desenvolvido.

    “Aprendi o ofício ainda criança com meus pais que são ceramistas e até hoje não larguei o vício. Quando não estou fazendo busto, fico com eles ajudando na produção que temos de vasos e filtros de água para revenda”, revelou o jovem ceramista.

    Seu Aluísio Pereira, de 92 anos, realizou duas encomendas para presentear os entes queridos. “Se ele caprichar no meu rosto, vou voltar aqui e encomendar quantas peças ele puder fazer para minha felicidade. Já pedi até a foto do meu netinho de três anos que também quero guardá-lo de lembrança antes que cresça e deixe de ter as feições de menino inocente”, disse.

    Em todas as feiras é possível encontrar peças exclusivas e genuinamente paraibanas como as feitas em fios de crochê, renda labirinto, cerâmica, brinquedos populares, bonecas e roupas de algodão colorido, flores em escama de peixe e fuxico, madeira, cerâmica, couro e uma variedade de habilidades manuais. A exposição fica aberta simultaneamente em todos os shoppings até a próxima sexta-feira (27), no horário comercial, das 10h às 22h.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here