Em nota, Sindicato repudia Cássio por querer vender a Cagepa para a Odebrecht

0
O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba emitiu nota nesta quinta-feira (13) repudiando a atitude do senador Cássio Cunha Lima em querer vender a Cagepa para a Odebrecht em negociação para a campanha de 2014, onde ele teria recebido R$ 800 mil para concretizar o negócio caso vencesse as eleições.

Confira abaixo a nota na íntegra.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba, através do seu presidente, Wilton Maia Velez, e por seus diretores, vem publicamente externar repúdio contra o Senador da República na Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), que pretendia, na época em que era candidato ao Governo da Paraíba, nas costas da categoria, privatizar a Cagepa, através de negociação junto à Odebrecht Ambiental.

Essa negociação espúria ficou clara quando os brasileiros, de forma estarrecida, tiveram acesso às últimas delações da Operação Lava Jato, em especial do ex-executivo da Odebrecht, Fernando Reis.

No depoimento, Fernando confirma que a empresa tinha interesse em desenvolver uma parceria público-privada para a área de saneamento e foi procurada por Cássio para demonstrar que tinha interesse em desenvolver o projeto e pediu uma contribuição de R$ 800 mil, através de caixa 2, para sua campanha de 2014.

Nos estarrece ainda, o fato do Senador da Paraíba, durante os debates, na campanha ao Governo, ter declarado que não tinha intenção de privatizar a Cagepa.

Fica o nosso repúdio público diante desse posicionamento de um Senador que deveria, em tese, defender os interesses da Paraíba.

Wilton Maia Velez

Presidente

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here