Em Bayeux, Dr. Francisco desiste de disputar a prefeitura e desmente apoio a Berg Lima

0
Em Bayeux, Dr. Francisco desiste de disputar a prefeitura e desmente apoio a Berg Lima
Dr. Francisco divulga carta explicando desistência

O vice-prefeito Dr. Francisco (PSDB) oficializou, neste final de semana, sua desistência da disputa pela Prefeitura de Bayeux nas eleições deste ano. Em carta enviada ao portal Primeiras Notícias, ele aproveitou para desmentir a informação de que apoiaria a pré-candidatura de Berg Lima (PTN).

Na carta, Dr. Francisco revela que, embora respeite a deliberação do PSDB pelo apoio a Berg Lima, já comunicou aos dirigentes municipais e estaduais da legenda tucana que não seguirá a orientação partidária.

“Comunicamos ao presidente Estadual e ao presidente Municipal que, embora respeitando a decisão do partido, não acompanharia o partido na decisão de apoio à pré-candidatura de Berg Lima, por não acha-lo apto e com projetos para o município”, destacou,

“Não tínhamos, como não temos, qualquer interesse em sentar, dialogar ou compor com Berg Lima. Respeitamos a decisão do partido e deixamos claro nosso posicionamento. Não votamos ou votaremos em Berg Lima, como alguns, levianamente, têm espalhado”, acrescentou o atual vice-prefeito de Bayeux.

Na carta, Dr. Francisco informa, ainda, que estará, temporariamente, se ausentando do debate político para se dedicar às suas atividades na medicina. Revela, também, que conversará com amigos e aliados para decidir se apoiará outra pré-candidatura ou se manterá neutro na disputa deste ano em Bayeux.

Clique aqui ou leia abaixo na íntegra a nota divulgada pelo vice-prefeito de Bayeux:

AOS AMIGOS E AMIGAS DE BAYEUX

Nos últimos dias, o PSDB em Bayeux, em discussão interna, com participação da direção estadual, decidiu priorizar as candidaturas proporcionais em detrimento da candidatura majoritária. Tal ação visava ampliar os espaços do partido com eleição de vereadores. Havia naquele momento dificuldades em compor coligações proporcionais pela existência da majoritária.

Somos partidários e em virtude disto, achamos por bem entregar a pré-candidatura de prefeito ao partido, dando desta forma amplas condições de se construir uma coligação proporcional que permitisse ao partido eleger vereadores. Tais negociações seriam conduzidas pelo atual presidente Luiz Antonio. A ele caberá esta condução.

  1. Acatamos as decisões do partido e acreditamos que ela se dará na busca do melhor para todos os filiados e, principalmente, pré-candidatos; O Dr Francisco, como partidário acatou a decisão do partido, retirou a majoritária da discussão, ADIA SEU PROJETO e torce para que o partido alcance os objetivos traçados. Outrossim, informamos para que não hajam dúvida ou ilações ou ainda conjecturas, que:
  1. NÃO FAZEM PARTE DOS NOSSO PLANOS SER CANDIDATO A VEREADOR. Não somos políticos que vivem em busca de cargos. Temos um projeto, vamos lutar para tentar implanta-lo com calma e paciência. Se não deu agora, paciência, fé e confiança em DEUS, que certamente nos guiara para o momento certo. Confio e espero e a ELE entrego nossa caminhada;
  2. Comunicamos ao Presidente Estadual e ao Presidente Municipal que, embora respeitando a decisão do partido, NÂO acompanharia o partido na decisão de apoio à pré-candidatura de Berg Lima, por não acha-lo apto e com projetos para o município. NÃO TINHAMOS COMO NÃO TEMOS QUALQUER INTERESSE EM SENTAR, DIALOGAR OU COMPOR COM BERG LIMA. Respeitamos a decisão do partido e deixamos claro nosso posicionamento. NÃO VOTAMOS OU VOTAREMOS EM BERG LIMA, como alguns levianamente tem espalhado;
  3. Retornarei a antigos projetos ora colocados de lado devido a atividade política. Voltarei a atender minhas pacientes e a estar ao seu lado num momento único e ímpar: o nascimento de seus filhos. Voltaremos a operar aquelas que nos procuram, continuaremos a servir e, principalmente, irei dedicar maior tempo a minha família a quem amo sobremaneira e luz guia da minha vida;
  4. Nos próximos dias estaremos nos afastando um pouco da cena política com o objetivo de visualizar o cenário eleitoral, conversar com os amigos e aliados, ouvir os projetos dos outros candidatos para a cidade e a partir daí decidir o rumo a seguir: se participaremos do processo político ou adotaremos a neutralidade. Tal decisão será comunicada a direção estadual e municipal, bem como as consequências advindas deste ato. Somos e sempre seremos leais;
  5. Por último, agradecer a todos, amigos e amigas, que nas inúmeras pesquisas a que tivemos acesso sempre nos creditaram a esperança do seu voto. Continuaremos lutando, continuaremos servindo, continuaremos acreditando que a construção de uma Bayeux de todos é possível, só foi adiada. Continuaremos juntos, pois o amanhã nunca morre. Fé em DEUS, paz e bem a todos. Aqui não é um adeus, mas sim um até breve. Vamos juntos, continuaremos juntos!!!

Grato.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here