O líder da oposição Bruno Farias (PPS) lamentou a postura da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) de embargar a obra de duplicação e pavimentação da Avenida Perimetral Sul. Para ele, Cartaxo comete o mesmo erro do passado, pois fez o mesmo durante as obras do Trevo das Mangabeiras, executado pelo Governo do Estado.

Leia também:

DER confirma embargo da PMJP à obra de implantação da Perimetral Sul

“O prefeito nem faz e quer impedir que o governador faça. É impressionante como Luciano Cartaxo tem verdadeira fixação em atrapalhar a nossa cidade. Cartaxo atrapalha pela omissão, ao não fazer as obras que são de sua obrigação, e, não satisfeito, atrapalha quem, de fato, realiza as obras estruturantes de nosso Município”, afirmou.

Bruno relembrou que a gestão Cartaxo já embargou obra do Estado. “O prefeito não fez, e ainda quis atrapalhar, o Trevo da Mangabeiras, tentando embargar aquela obra, no início de seu primeiro mandato. Mas Ricardo Coutinho foi lá e fez. E, agora, mais uma vez, repetindo um erro que já cometeu no passado, Luciano, ao embargar a Perimetral Sul, atrapalha a cidade e prejudica mais de 300 mil habitantes beneficiados com essa importante obra. Cartaxo, se você não sabe fazer e se você não quer fazer, não atrapalhe quem sabe realizar obras, entregando-as à população, sem os desvios apontados na Lagoa”, declarou.

Ele ainda citou outras ações executadas pela gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) que seriam de competência da Prefeitura de João Pessoa. “Cartaxo não fez a duplicação da Avenida Cruz das Armas, o que seria uma obrigação sua, mas o governador foi lá e fez. O prefeito não quis calçar as ruas do Cidade Verde/Mangabeira, mas Ricardo, mesmo sendo uma atribuição da Prefeitura, foi lá e fez. Luciano não fez o viaduto do Geisel, uma ação tipicamente de gestão municipal, mas Ricardo, diante da inércia da PMJP, foi lá e fez”, disse.

 

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here