Durval alega que não foi notificado pela Justiça, diz líder da oposição

0

Durante sessão desta terça-feira (19) na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o  presidente Durval Ferreira (PP) afirmou para o líder da oposição Renato Martins (PSB) que não teria sido notificado pela justiça, sobre o processo que foi movido contra ele,  cobrando um posicionamento sobre o parecer em relação a comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostos desvios de dinheiro da obra de revitalização da Lagoa. O prazo dado pela justiça expirou na última segunda-feira (18).

Renato Martins, em entrevista ao Paraíba Já, afirmou que Durval vem procrastinando o parecer e que está querendo colocar a justiça como sua cúmplice.

“Nós temos um cenário anormal, um momento onde um Brasil está reavaliando todas as suas instituições e o presidente da Câmara Durval Ferreira, em um ato flagrante de procrastinação dessa vez agora quer quase que tornar a justiça como cúmplice desse ato dele e do poder Executivo, porque ao alegar que a justiça,  numa decisão com uma notificação em caráter de urgência, o oficial de justiça tem mais de 15 dias e o oficial de justiça não encontrar Durval Ferreira?”, questionou.

Pra o líder da oposição existem duas opções para explicar o fato do presidente da CMJP afirmar que não foi notificado judicialmente, ou ele está querendo mostrar que a justiça não funciona, ou não está respondendo o ordem judicial.

“Ou Durval está querendo alegar que a justiça não funciona, dai ele está querendo medir a justiça da mesma forma que ele próprio, pois ele não está funcionando corretamente, não está seguindo o regimento e está querendo alegar que a justiça não segue o seu rito e isso é preocupante se isso for verdade. Ou então na verdade ele não está respondendo mesmo a justiça e ai nós temos que aguardar o posicionamento firme do juiz, diante de um flagrante de desrespeito a uma ordem judicial ”, explicou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here