Dunga convoca Seleção Brasileira Olímpica para amistosos e confirma lateral paraibano

    0

    O técnico Dunga anunciou, na noite desta segunda-feira, a convocação da seleção olímpica para os amistosos contra República Dominicana e Haiti, marcados para os dias 9 e 12 de outubro, em Manaus. O comandante relacionou um grupo de 22 jogadores para os compromissos do próximo mês.

    Os destaques ficam por conta de Gabriel Jesus, do Palmeiras; Gabigol, do Santos; Valdívia, do Inter-RS; e o paraibano Douglas Santos, do Atlético-MG.

    O primeiro confronto será contra os dominicanos, dia 9 de outubro (sexta), às 21h. Três dias depois, o Brasil enfrentará os haitianos, às 19h. No final de semana dos amistosos, não haverá rodada do Brasileiro por conta dos confrontos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

    Saiba mais
    Aprovado em um ‘peneirão’ do Náutico em 2011, Douglas Santos ingressou nos juniores do time pernambucano. No ano seguinte, ele teve uma chance entre os profissionais no Campeonato Pernambucano com o técnico do clube na época, Waldemar Lemos.

    Pouco tempo depois, Waldemar deixou o Timbu e Alexandre Gallo assumiu a equipe. O lateral-esquerdo passou a ter mais chances no time durante o Campeonato Brasileiro de 2012.

    Mas o começo no futebol foi complicado para o paraibano. A partir dos 10 anos, nos tempos de colégio, Douglas Santos fez parte de algumas equipes de futsal, jogando várias competições por clubes amadores da capital paraibana, a exemplo do Benfica e do Estrela do Mar. O momento mais complicado foi ainda na adolescência, quando sofreu uma fratura na perna.

    Ao lado dos amigos, ele decidiu fazer um ‘campinho’ em um terreno baldio próximo de casa. E sem se contentarem apenas com as peladas no bairro do Altiplano, em João Pessoa, os garotos decidiram formar um time para disputar um único amistoso em 2011, contra a Escolinha do Flamengo, na capital paraibana. Foi ali que sua vida começou a mudar.

    Antes de ser contratado pelo Náutico em 2011, Douglas Santos tentou a sorte em dois clubes gaúchos: Internacional e Grêmio. Mas terminou não sendo aproveitado. Dagoberto Borges, que é ex-jogador do Colorado na década de 80 e hoje mora em João Pessoa, foi o responsável por levar o paraibano para participar dos testes.

    GOLEIROS
    Ederson – Benfica (Portugal)
    Uilson – Atlético-MG

    LATERAIS
    Maicon – Livorno (Itália)
    Zeca – Santos
    Wendell – Bayer Leverkusen (Alemanha)
    Douglas Santos – Atlético-MG

    ZAGUEIROS
    Marlon – Fluminense
    Lucão – São Paulo
    Dória – Granada (Espanha)
    Rodrigo Ely – Milan (Itália)

    MEIAS
    Lucas Silva – Olympique de Marselha (França)
    Rodrigo Caio – São Paulo
    Fred – Shakhtar Donetsk (Ucrânia)
    Walace – Grêmio
    Felipe Anderson – Lazio (Itália)
    Valdívia – Internacional

    ATACANTES
    Kenedy – Chelsea (Inglaterra)
    Vitinho – Internacional
    Gabriel Jesus – Palmeiras
    Luan – Grêmio
    Gabriel – Santos
    Vinícius Araújo – Cruzeiro

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here