Documento da Semam desmente procurador e prova que Perimetral Sul foi embargada

0

O documento entregue a empresa responsável pela obra da Avenida Perimetral Sul, no último dia 11 de outubro, desmente a versão dada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do Procurador-Geral do Município, Aldemar Régis, de que não teria embragado a obra, mas apenas notificado o Estado a apresentar o licenciamento ambiental.

No documento, a Semam determina a suspensão da obra, até que sejam apresentados todos os documentos solicitados. Porém, de acordo com a versão da Prefeitura, a notificação não impediria a continuidade da obra e a empresa responsável deveria apresentar a documentação em um prazo de 72h, pois as atividades poderiam gerar degradação do meio ambiente.

A Perimetral Sul vai ter uma extensão de 12,6 km, na qual estão sendo investidos R$ 17,9 milhões, com recursos próprios. A conclusão da obra está prevista para o mês de fevereiro. A avenida começa nas proximidades da Gráfica Santa Marta, na BR-101, e prossegue pelo Gervásio Maia, Colinas do Sul, Valentina de Figueiredo, Mussumago até o entroncamento da PB-008.

Documento da Semam desmente procurador e prova que Perimetral Sul foi embargada

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here