Diretor do Trauma revela que foi ameaçado durante a campanha eleitoral

    0

    Passada a disputa eleitoral para governador na Paraíba, com a vitória do atual governador reeleito, Ricardo Coutinho (PSB), começam a aparecer algumas denúncias que envolvem direta e indiretamente o pleito estadual. Nesta terça-feira (28) durante uma entrevista à Rádio Arapuan FM (95,3), o Diretor Técnico do Hospital de Trauma de João Pessoa, Edvan Benevides, revelou que foi ameaçado por sua própria categoria, a dos médicos.

    Sem citar nomes, Edvan disse que os ameaçadores não se importaram nem em tentar manter o sigilo e foram ao ataque pessoal.

    “Eu a todo tempo recebi mensagens com ameaças de todos os tipos. Ameaças essas, que vinham sem se importarem nem com o sigilo de quem me ameaçavam”, ressaltou Edvan, se referindo aos médicos.

    Edvan revelou algumas dessas ameaças: “Eram ameaças dizendo que eu ira ser transferido para Cajazeiras, que iria atual em hospitais longe da Capital e teve até mensagens que foi em tom de recado, ao dizer que era melhor eu me mudar até para fora do país”, informou.

    O Diretor ainda destacou o respeito que o governador Ricardo Coutinho e o secretário Valdson Souza, pediram a Direção do Hospital durante o período eleitora.

    “Fizemos uma campanha totalmente no diálogo. O governador Ricardo e o secretário Valdson, nos pediram para não aceitar qualquer tipo de campanha dentro do Hospital e foi isso que a direção fez. Mas, todos os dias nós retirávamos adesivos e mensagens coladas em portas de banheiros, dormitórios dos médicos e enfermeiros do nosso candidato adversário”, concluiu Edvan Benevides, Diretor Técnico do Hospital de Trauma de João Pessoa.

     

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here