Diretor da Cagepa faz balanço positivo do primeiro mês de racionamento em CG

    0

    Um mês e meio após o início do racionamento em Campina Grande e mais oito cidades e dois distritos abastecidos pelo açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) faz um balanço positivo das medidas adotadas na região. Segundo o diretor de Operação e Manutenção, José Mota Victor, em dezembro, a Companhia conseguiu reduzir em 18,57% a vazão do manancial em relação ao mês anterior.

    Em um mês de racionamento, a Cagepa deixou de retirar 511 mil m³ de água, uma economia necessária para, gradativamente, tentar conter a queda no volume do Boqueirão. Os dados de janeiro estão sendo compilados e devem ser divulgados no início de fevereiro.

    “Há uma contribuição muito grande por parte da comunidade e, por isso, avaliamos como extremamente positivo esse primeiro mês de racionamento. Nós estamos verificando todos os pontos frágeis do racionamento, intensificando a fiscalização contra ligações clandestinas, verificando sangramentos de adutoras e tentando otimizar o conserto de vazamentos”, disse o diretor.

    Desde o dia 6 de dezembro, o racionamento está sendo executado das 17h de cada sábado e encerrado às 5h das segundas-feiras. A medida faz parte do plano de contingência da Cagepa, elaborado a partir de pedido do Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Campina Grande. O documento relaciona 13 ações que estão sendo tomadas desde o início de 2013 e agora serão intensificadas pela Companhia para evitar desperdício e incentivar o uso consciente e racional da água na região.

    Juntamente com equipes do Ministério Público e representantes da Câmara Municipal de Campina Grande, da Assembleia Legislativa, da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e da Agência Nacional das Águas (ANA), durante dois anos a Cagepa monitorou o açude Boqueirão e ficou estabelecido que quando o manancial atingisse o nível de 100 milhões de m³, seria iniciado o processo de racionamento.

    “Tudo foi elaborado de forma que não prejudicasse muito a população, estabelecendo o fim de semana para aplicar a medida, um período que não traz grandes complicações para a economia da região polarizada de Campina Grande. Não existem reclamações e o processo está sendo conduzido com bastante competência pela Cagepa. Vamos seguir e aguardar o resultado das precipitações pluviométricas em 2015 para voltarmos a analisar a situação de Campina Grande”, explicou José Mota.

    Ainda segundo o diretor, a responsabilidade do racionamento é da Cagepa, mas a população pode ajudar no processo de economia da água, já que é um bem essencial a todos. Pequenas mudanças e atitudes podem fazer a diferença na vazão do manancial, mas principalmente no bolso dos consumidores. “A primeira providência é verificar se existe algum vazamento no interior da residência; consertar uma torneira pingando ou vazamento imperceptível na caixa de descarga já ajuda bastante. As pessoas também devem evitar regar as plantas e lavar calçadas e veículos com mangueiras; use um balde e a economia será notável”, pontuou.

    O Açude Epitácio Pessoa abastece a região através de dois sistemas: o sistema integrado de Campina Grande – que abrange os municípios de Campina Grande, Barra de Santana, Caturité, Queimadas, Pocinhos, Lagoa Seca, Matinhas, São Sebastião de Lagoa de Roça, Alagoa Nova e os distritos de São José da Mata e Galante – e o sistema adutor do Cariri – que abrange os municípios de Boqueirão, Juazeirinho, São Vicente do Seridó, Pedra Lavrada, Cubati, Olivedos, Boa Vista, Soledade, Cabaceiras, Sossego e o Distrito de Seridó. O sistema do Cariri não entra no racionamento, apenas nas outras ações do plano de contingência.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here