‘Dia D’ de imunização contra o HPV acontece amanhã na capital

    0

    A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza neste sábado (13), o ‘Dia D’ de Imunização contra o HPV. Mais de 17 mil meninas na faixa etária de 11 a 13 anos devem receber, neste mês de setembro, a segunda dose da vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), na Capital. Confira no link os locais de vacinação da campanha:http://goo.gl/YWEknFA imunização total contra o vírus é feita em três doses. A primeira etapa da campanha foi realizada, entre os dias 9 de março e 4 de abril. A segunda dose deve ser aplicada seis meses após a primeira, enquanto a terceira deverá ser aplicada após cinco anos.

    O HPV é o principal causador do câncer de colo de útero e a vacinação é uma das formas mais efetivas de evitar que as meninas e adolescentes contraiam a doença. A chefe do setor de Imunização da SMS, Chiara Dantas,  explica que a vacina é a forma mais eficaz de proteção contra o HPV, principalmente dos tipos 16 e 18, que são precursores do câncer de colo uterino em mulheres. “O esquema de vacinação deve ser respeita e todas as meninas devem tomar as doses da vacina, pois uma única dose não protege”, ressaltou.

    As meninas que ainda não tomaram a primeira dose da vacina deverão procurar uma das 39 USFs de referência ou o Centro Municipal de Imunização, munida com o cartão de vacinação, para dar início ao esquema vacinal. Segundo o Ministério da Saúde (MS), a vacina protege contra quatro subtipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os subtipos 16 e 18 são responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero, enquanto os subtipos 6 e 11 respondem por 90% das verrugas anogenitais.


    Números – Na primeira etapa da campanha em João Pessoa foram vacinadas 17.600 meninas, sendo 5.674 com 11 anos, 5.538 com 12 anos e 5.018 com 13 anos de idade.

    HPV – É um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. Estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença, sendo 32% infectadas pelos tipos 16 e 18.  Em relação ao câncer de colo do útero, estudos apontam que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido à doença. Neste ano, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos.
     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br