Deputados paraibanos dizem que Manoel Jr e Aguinaldo são um “mar de lama”

0

Alguns deputados estaduais fizeram uma avaliação sobre a situação dos deputados federais Manoel Júnior (PMDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP), citados pela Operação Lava Jato. O deputado Jeová Campos (PSB) disse que a classe política está no banco dos réus, e afirmou que “o país está assistindo à vitória dos corruptos votando o impeachment de uma presidenta íntegra [Dilma Rousseff]”. Para o deputado Anísio Maia (PT), o fato dos dois deputados federais paraibanos estarem sendo chamados pela Procuradoria-geral da República para sentar no banco dos réus parece até uma maldição, porque eles são “um mar de lama”.

O deputado Jeová Campos disse lamentar que o país esteja vivendo um momento de tanto empobrecimento moral. Isso é de doer no coração de qualquer pessoa. Ele afirmou que é do estado de direito qualquer pessoa ser investigada e quem estiver sendo investigado (no caso, os deputados federais Aguinaldo Ribeiro e Manoel Júnior), que tenha o direito de se defender e de apresentar sua versão. E se não forem culpados, que sejam inocentados.

“O que não devemos permitir é que alguns parlamentares usem um discurso moralista sem olhar pra eles. A cassação da presidente Dilma Rousseff, está sendo feita pelos corruptos e lamento que deputados da Paraíba estejam envolvidos. Torço para que eles consigam se defender mas se forem culpados que paguem a pena”, ressaltou.

Vão pagar caro

O deputado Anísio Maia disse que todos aqueles que do dia pra noite se voltaram contra a presidente Dilma, vão pagar caro, porque eles não tinham a menor condição de dizer o que disseram. Apregoaram uma coisa e são completamente o contrário. “Eles não têm nenhuma credibilidade, nenhuma respeitabilidade para criticar a presidenta Dilma”.

“Depois do que fizeram, estão no processo e cheios de irregularidades. Agora, terão que justificar para o povo brasileiro porque estão sendo denunciados, mas na verdade eles são exatamente aquilo que estão mostrando. Um mar de lama”, afirmou o deputado, enfatizando que eles tentaram se vestir numa roupagem de credibilidade, mas essa roupa não cabe neles. “Eles vão ter que se explicar a vida toda sobre processos judiciais porque essa é a vida deles”, concluiu Anísio Maia.

Indagado sobre a situação dos deputados federais paraibanos, o deputado estadual Buba Germano (PSB) se limitou a dizer que só tem a lamentar e esperar que os dois consigam provar a inocência e tirar o nome deles dos processos. As informações são do jornal A União.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here