Deputados do PSB divergem sobre benefícios da fusão do partido com o PPS

    0

    O anúncio de que o PSB (Partidos Socialista Brasileiro) e o PPS (Partido Popular Socialista) se fundirão, formando uma nova legenda, feita pela executiva nacional dos dois partidos na tarde de ontem (29), dividiu opiniões entre os deputados estaduais do PSB na Paraíba.

    “Esse PPS para mim não serve ao PSB. Essa é uma discussão feita de cima, pouco compartilhada”, disse o deputado Jeová Campos (PSB). Ele condicionou sua defesa da fusão entre os partidos a saída de Roberto Freire, presidente nacional do PPS. “Enquanto eu tiver oportunidade de me colocar (sobre a fusão), só com a saída de Gilberto Freire”, disparou.

    Segundo Jeová, Roberto Freire representa os interesses das elites econômicas e o “porta-voz da direitona” e que o PSB tem uma história de lutas sociais e não pode ser subserviente a alguém com o perfil de Freire.

    O também deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB) tem opinião absolutamente divergente de seu colega socialista. O deputado disse não ter opinião formada sobre a fusão, mas demonstrou simpatia ao PPS.

    “Acho salutar (a fusão). O PPS tem bandeiras históricas de esquerda, de apoio as causas do povo, tem uma tradição de  luta. Há uma identidade de propósitos partidários”, ressaltou Ricardo.

    Por Sandro Alves de França, especial para o Paraíba Já

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here