Deputado promete surpreender com atuação parlamentar em seu curto mandato

    0

    O deputado estadual Artur Cunha Lima Filho (PRTB), que assumiu o mandato no dia 31 de julho, por um período de 121 dias em substituição ao deputado Jeová Campos (PSB), que se afastou por licença médica, não quer deixar na ALPB a marca de um suplente que apenas cumpriu agenda e usufruiu das regalias do cargo. Vereador licenciado de Cabedelo, por muito pouco ele não conseguiu ser o titular de um mandato na atual legislatura estadual. Nas últimas eleições, ele obteve 19.180 votos, mais que alguns deputados detentores de mandato, contudo na legenda que ele disputou esse quantitativo não foi suficiente para elegê-lo. “Não vou apenas cumprir agenda. Neste curto período, vou deixar uma marca apresentar emendas, projetos e requerimentos”, destaca ele.

    E quem acompanha as sessões da ALPB já identificou que o advogado, de 37 anos de idade, não atua como estreante, nem se comporta como um mero suplente. Na sessão que aprovou o Projeto de Regulamentação dos Transportes Complementares, Artur se posicionou a favor da aprovação da legalização, defendeu a regularidade do serviço e votou favorável a matéria. “Não poderia me posicionar de forma diferente, pois o projeto regulariza um serviço que vai ser positivo para a população e, ao mesmo tempo, melhora o serviço como um todo, sem fazer uma concorrência desleal com o sistema de transporte convencional”, afirma Artur.

    Nos bastidores, o parlamentar já elabora projetos que vão interferir positivamente em vários setores. Um deles, em fase final de planejamento, diz respeito ao setor sucroalcooleiro. Outro, aborda a questão da segurança pública, mais especificamente, na BR 230, entre as cidades de João Pessoa e Cabedelo. Na área educacional, há outras ideias que estão ganhando consistência e que, em breve, serão apresentadas como requerimento e projetos de lei. A questão da ameaça da Paraíba perder a tancagem de combustíveis em Cabedelo para o Porto de Suape, que já ocupava a agenda do vereador, agora ganha uma maior dimensão na defesa como deputado. “Se isso ocorrer, a Paraíba perderá cerca de R$ 20 milhões/mês de arrecadação e Cabedelo de R$ 3 a R$ 4 milhões, não podemos deixar isso acontecer. Vou usar a força política do mandato de deputado para defender a Paraíba”, afirma ele.

    Na ALPB, Artur Filho também pretende dar continuidade aos trabalhos da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente e da Frente Parlamentar da Água, ambas presididas pelos deputado Jeová Campos. E neste contexto, ele já agendou um compromisso no próximo dia 03 de setembro, em João Pessoa, com parlamentares da Paraíba, do Rio Grande do Norte, de Pernambuco e do Ceará. “Vou dar prosseguimento ao trabalho da Frente que foi desenvolvido pelo deputado Jeová no primeiro semestre deste ano, ampliando a união de forças entre os parlamentos estaduais do Nordeste, mais especificamente, com os representantes políticos dos estados que tem os mesmos interesses da Paraíba com as obras da transposição e esse encontro do dia 03 será o primeiro passo neste sentido”, finaliza Arthur que para assumir como deputado, se licenciou do mandato de vereador na cidade de Cabedelo, como determina a legislação em vigor.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here