Deputado petista aponta cargo e órgão federal sob indicação de peemedebista crítico de Dilma

    0

    Depois de sugerir que a presidenta Dilma renunciasse ao cargo, o deputado Manoel Júnior, que é do mesmo partido do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), insiste em dizer que não possui indicações de cargos públicos que compõem o governo federal.

    De acordo com o deputado Anísio Maia, estranho seria se o peemedebista apoiasse o governo apenas por compromisso ideológico. “Se Manoel Júnior não tem cargos no governo federal, gostaria de saber quem fez as indicações na gerência regional do INSS aqui na Paraíba. É um esquecimento muito conveniente. Se ele sugere que a presidenta renuncie, deveria antes entregar os cargos publicamente” disse o petista.

    Anísio ainda lembra que Manoel Júnior, foi um dos coordenadores da campanha de Cunha para presidente da Câmara. “Nós não esquecemos que ele se tornou um braço direito de Eduardo Cunha, que representa o que há de mais atrasado na política brasileira e que faz da Câmara dos Deputados um espaço de chantagens e negociatas”.

    Para concluir, Anísio lamenta o silêncio de Manoel Júnior diante do envolvimento de Cunha em denuncias da operação Lava Jato. “Acho que a indignação seletiva se parece com oportunismo. Manoel Júnior é base de Cunha, que além de tudo o que representa contra dos direitos dos trabalhadores, é denunciado por corrupção na Lava Jato. Por que ele não lembra de pedir a renuncia de Cunha também?” concluiu.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here