Deputado pede união de “todas as autoridades” em prol do Lar do Garoto

0

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) lamentou “profundamente” a tragédia ocorrida neste final de semana, no Centro Lar do Garoto, em Lagoa Seca, na Região Metropolitana de Campina Grande.

Couto transmitiu sua solidariedade às famílias das vítimas e fez um apelo público para que todas as autoridades paraibanas se unam para tentar encontrar uma solução para o problema da superlotação, que acomete não apenas os presídios, mas também as instituições para as quais as crianças e adolescentes são encaminhadas para o cumprimento de medias socioeducativas.

“Lamento o que aconteceu, manifesto a minha solidariedade aos familiares das vítimas e faço um apelo para que as autoridades – todas elas, Governo, Ministério Público, Judiciário – se unam e discutam uma solução para o problema da superlotação e da aplicação mais eficaz das medidas socioeducativas”, disse o parlamentar.

Na visão de Luiz Couto, o que ocorreu no Lar do Garoto demonstra que tanto o sistema penitenciário como os centros de medidas socioeducativas estão apodrecidos, corrompidos e com superlotação não conseguem recuperar, reeducar e ressocializar as pessoas que ali estão cumprindo penas de restrição de liberdade.

“O problema torna se maior porque as medidas socioeducativas não são aplicadas na sua plenitude”, refletiu o deputado paraibano.

Como iniciou tumulto no Lar do Garoto

Sete internos do Centro Lar do Garoto morreram e dois ficaram feridos durante um tumulto na unidade na madrugada deste sábado (3). Dezessete internos conseguiram fugir.

A confusão teve início por volta das 2h30 quando internos tentaram fugir do Lar do Garoto, invadindo o pátio. Os agentes socioeducativos conseguiram impedir que alguns fugissem e a partir daí teve início o tumulto no interior da unidade.

A direção do Lar do Garoto informou que os internos que morreram foram carbonizados ou esquartejados. Os dois detentos que ficaram feridos foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Ricardo homenageia vítimas

O governador Ricardo Coutinho (PSB) fez uma pausa, na tarde deste sábado (3), durante a abertura da última plenária do Orçamento Democrático Estadual, em Campina Grande, para lamentar a morte dos adolescentes internos no Centro Socioeducativo Lar do Garoto.

Ricardo pediu para que todos os presentes na plenária do Orçamento Democrático fizessem 30 segundos de silêncio para uma reflexão, não só pelas mortes no Lar do Garoto, mas pelos mais de 60 mil assassinatos registrados por ano em todo Brasil em decorrência da violência

Para o governador paraibano, o que aconteceu nesta madrugada na casa de ressocialização é o reflexo do que acontece na sociedade atual, onde uma minoria mais forte, que se sobrepor à maioria mais vulnerável.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here