Deputado paraibano diz que protesto do MST e CUT é uma ‘baderna absurda’

0

Diante das manifestações do Movimento Sem Terra (MST) e Central Única de Trabalhadores (CUT), o deputado federal Efraim Filho (DEM) se manifestou nas redes sociais mostrando um posicionamento contrário à causa.

Para o deputado, os manifestantes paraibanos e de mais 11 Estados brasileiros, além do Distrito Federal, é um “absurdo”.

“As pessoas querendo ir trabalhar e sendo impedidas de sair de casa pela baderna do MST, insatisfeito porque está perto de perder a mamata. Absurdo!”, declarou.

Grupos contrários ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff promoveram protestos pelo Brasil na manhã desta terça-feira (10). Pelo menos 12 Estados registram atos (São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Piauí, Espírito Santo e Rio Grande do Norte), além do Distrito Federal.

Os manifestantes são ligados a grupos como a CUT (Central Única dos Trabalhadores) e o MST (Movimento Sem Terra). Nos protestos, os participantes exibem faixas contra o vice-presidente Michel Temer e criticando o “golpe” contra Dilma.

Paraíba

Em João Pessoa, 150 manifestantes estão bloqueando a garagem da empresa de ônibus Transnacional na BR-230. O grupo protesta contra o impeachment e contra a dupla função de motoristas que também trabalham como cobradores. Há ainda outro protesto diante da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no bairro do Varadouro.

Na bifurcação das BR-101 e da BR-230 (altura da entrada da cidade para quem vem de Campina Grande ou Natal), o trânsito apresenta problemas. Manifestantes permitem que poucos carros sigam viagem, provocando congestionamento no local.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here