Deputado paraibano defende realização de eleições diretas no país

0

“O Brasil precisa encontrar um novo caminho e só há uma forma de isso acontecer, verdadeiramente, que é deixando o cidadão, o eleitor decidir quem deve governar este país, através de eleições gerais no país”. Essa é a tese defendida pelo deputado estadual Jeová Campos (PSB) desde que a crise política se instalou no país e que ganha força hoje (17), após a divulgação do escândalo envolvendo o nome do presidente Michel Temer, na delação premiada do sócio da JBS. Segundo denúncias, existe uma gravação de uma conversa entre o empresário e o presidente que ele acoberta o pagamento de propina para manter o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.
De acordo com o parlamentar paraibano, esse não é o momento de disputa política, mas, de um encontro nacional em torno da manutenção da ordem e estabilidade política do país. “Na atual conjuntura, a sociedade brasileira precisa se unir e resgatar o estado democrático de direito, não cabe agora à disputa política, mas, algo bem maior que é a governabilidade do Brasil e o futuro de nossa nação”, destaca Jeová. Para ele, como na República o poder é do povo, é preciso dar a ele o poder de decidir. “Só o cidadão tem legitimidade para decidir e escolher quem quer ver no comando do país. Essa é a essência do poder republicano”, reitera o deputado.
Na opinião de Jeová, se depender do Congresso Nacional, a proposta de realizações de eleições gerais no país não avança. “Com essa representatividade atual, acho difícil essa proposta ser aprovada, mas, a força da mobilização popular pode mudar esse cenário e abrir novas perspectivas neste sentido”, acredita ele, que acha também que Temer deveria renunciar para dar mais celeridade a essa mudança de cenário, que apavora o país de ponta a ponta.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here