Deputado Jeová Campos defende o voto aberto na Assembleia Legislativa

    0

    A votação dos vetos do governador Ricardo Coutinho feito a emendas dos deputados à Lei Orçamentária Anual de 2015 (LOA) gerou uma grande discussão acerca da instauração ou não do voto aberto dos parlamentares. A polêmica foi iniciada pelo líder da bancada governista, Hervázio Bezerra (PSB), que apresentou uma Emenda à Constituição Federal de novembro de 2013 feita pela Câmara Federal na qual se estabelece que a votação de vetos deva ser feita de forma aberta. O deputado Jeová Campos (PSB), também participou do debate defendendo o voto aberto dos vetos, que no final acabaram sendo votados de forma secreta.

    “A Câmara dos Deputados promulgou a Emenda Constitucional que acaba com o voto secreto nas votações em processos de cassação de parlamentares e no exame dos vetos presidenciais. As leis do nosso país seguem uma hierarquia. Devemos seguir a casa legislativa federal”, defendeu Jeová, acostando-se ao deputado Hervázio Bezerra. Este último apresentou a PEC durante uma questão de ordem em plenário.

    Para Jeová, que defende o voto aberto independentemente da situação, de nada adianta a Assembleia cumprir o seu papel na elaboração de leis capazes de acompanhar os anseios da sociedade por mudanças no país se não atende ao quesito de transparência “A Assembleia tem estado atenda às demandas sociais e a instituição do voto aberto é uma demonstração também de sensibilidade do legislativo para com o seu eleitorado”, frisou Jeová, mesmo depois da retirada da questão de ordem a pedido da oposição.

    Caso o impasse continuasse, a pauta ficaria trancada, visto que a votação dos vetos corria em caráter de urgência. Ao final, 17 vetos foram avaliados. Desses, 05 foram retirados de pauta e apenas 01 foi derrubado. A questão do voto aberto será discutida em outras sessões após matéria de referido tema tramitar entre as comissões da Casa.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here