“Vamos exigir medidas para que o Nordeste saia da periferia do Brasil”, diz Anísio

    0

    O deputado estadual Anísio Maia (PT) voltou a defender, na manhã desta terça-feira (24), em sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba, o Fundo Nacional de Desenvolvimento do Semiárido para os nove Estados do Nordeste. Nesta quarta-feira (25), governadores terão reunião com a presidente Dilma Rousseff, às 16h, no Palácio do Planalto, em Brasília.

    A iniciativa de que fosse incluída na Carta da Paraíba a PEC 57 (que prevê o repasse de 2%) partiu do deputado Anísio Maia. A ideia foi endossada por outros 27 deputados estaduais. “Vamos exigir medidas urgentes para que o Nordeste saia da periferia do Brasil. E vamos acompanhar e cobrar para que os governadores, os deputados, os senadores, todos participem dessa luta em nome da região Nordeste”, declarou o deputado petista.

    Caso o Fundo seja viabilizado, somente a Paraíba receberia R$ 900 milhões por ano, para ações de convivência com a seca. A verba, que corresponde a 2% da receita tributária total do Governo Federal, será uma das principais reivindicações dos gestores estaduais na reunião.

    “É uma reunião histórica. Os governadores resolveram cobrar juntos. Porque antes não era nada. Era cada um por si”, disse o deputado estadual petista. Ele defendeu, ainda,  linhas de crédito diferenciadas para o Nordeste. “Porque aqui tudo é difícil. Tem mais dificuldades que outras regiões do Brasil”, afirmou Anísio Maia.

    Os governadores vão reivindicar ações nas áreas de saúde, educação, recursos hídricos, saneamento, liberação de mais recursos para a saúde e segurança pública e a criação de uma linha de financiamento para os Estados com capacidade de endividamento.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here