Deputado da PB lamenta que ministro não visitou obra parada da Transposição

0

“Desde junho do ano passado, as obras do Eixo Norte da Transposição, nos trechos 3, 4 e 8, que corresponde aos lotes responsáveis pela captação de água do Rio São Francisco, em Cabrobó (PE), até o início do reservatório Jati, em Jati (CE), estão paralisadas e passados mais de sete meses, o governo federal apenas anunciou uma licitação para janeiro e o ministro da Integração vem à Paraíba, posa para fotos e se quer é questionado sobre essa grave situação. A inércia da bancada federal paraibana é algo que não se explica e a omissão e descaso do governo federal nessa questão é inaceitável, um desrespeito com os sertanejos nordestinos, especialmente os de Pernambuco, Paraíba e Ceará que estão à beira de um colapso de água, cuja única solução definitiva é a transposição”. Esse desabafo foi feito hoje (19), pelo deputado estadual Jeová Campos (PSB) ao constatar que a visita do Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho não mudou a realidade do abandono da obra no Eixo Norte.
Segundo o deputado, que presidiu a Frente Parlamentar da Água da ALPB até meados do ano passado e é um dos interlocutores mais atuantes da Assembleia quando o assunto é questão hídrica, as declarações do ministro Helder Barbalho, de que o governo está ‘trabalhando em todos os turnos para garantir a entrega da água nos prazos que estabelecemos com a população do Nordeste’ não condiz com a verdade dos fatos. “Ora, se a obra está parada no Eixo Norte a mais de sete meses sem uma solução e essa é uma obra de continuidade, onde um trecho compromete o todo, então como o ministro chega à Paraíba, ignora essa realidade, não é questionado sobre esse problema e vai embora sem dar um esclarecimento, como se nada tivesse acontecendo e a obra estivesse fluindo a passos largos e às mil maravilhas. Isso é revoltante, deixa a gente indignado”, afirmou Jeová.
Ainda de acordo com o parlamentar, as áreas que mais precisam de água da transposição nos estados de Pernambuco, Paraíba e Ceará estão, justamente, no trecho que será atendido pelas obras dos trechos 3, 4 e 8 que se encontram paradas desde o abandono da obra pela construtora Mendes Júnior. “É uma vergonha que a obra esteja parada, no Eixo Norte, em Terra Nova, Salgueiro (PE), todo esse tempo sem que o governo federal tome uma providência”, disse Jeová. Ele lembra que o ministro, durante sua visita à Paraíba, afirmou que ‘a expectativa é que até o último dia de fevereiro ele possa entregar água do Rio São Francisco, em Monteiro (PB), e a partir daí pegar o curso do Rio Paraíba’. E ai eu pergunto senhor ministro: “O povo do sertão da Paraíba, de Pernambuco e do Ceará vai ter que esperar até quando?”.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here