Deputado apresenta PL que pretende reduzir desigualdade salarial entre gêneros

    0

    Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados- CAGED, mostra que em 2003 os salários médios de admissão de mulheres contratadas com carteira assinada era de R$ 824 e o dos homens era de R$ 882, um valor 6,85% maior. Já em março deste ano, a diferença de remuneração chegou a 14,38%.

    Partindo desse dado, o deputado estadual, Nabor Wanderley (PMDB) apresentou o Projeto de Lei de n° 354/2015 que veda a prática da desigualdade salarial entre gêneros de pessoas no mesmo cargo e função, nas empresas contratadas com o Poder Público do Estado da Paraíba.

    O deputado justificou a preocupação com essa disparidade. “É de suma importância a matéria em exame, pois, poderemos reparar distorções no campo social trabalhista, em relação às empresas privadas que contratam com o Poder público deste Estado. As mulheres vem sempre buscando e conquistando o seu espaço, se qualificando, ocupando cargos altos, tanto no Poder Público quanto no Particular, e essa disparidade não é justa, tendo em vista que homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações”, justificou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here