Deputada paraibana critica provável filiação da senadora Marta Suplicy ao PSB

    0

    A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) acredita que seu partido vai terá dificuldades para justificar a possível filiação de Marta Suplicy, que deixou o PT. “Lógico (que foi eleitoreira a decisão de Marta). E mais: com apoio, provavelmente, não assim oficial, do governador (Geraldo Alckmin), do PSDB”, disse a parlamentar.

    A deputada, que nasceu na Paraíba, luta para impedir a fusão do PSB com PPS e avalia que a movimentação de Marta – que tem planos de disputar a prefeitura de São Paulo no ano que vem – causa uma confusão ideológica, também difícil de explicar para o eleitor. “Fica todo mundo misturado”, avalia.

    Erundina reclama das comparações que Marta faz com os movimentos de saída dela e da ex-ministra Marina Silva. “Não venham me dizer que foi a mesma coisa comigo, não. Foi diferente”, disse.

    “Ela deixou para sair num momento de rejeição ao PT enorme, para bater no partido, o partido que a acolheu. Embora ela diga que fez muito pelo PT, todos fizemos de alguma forma”, completou a deputada, que foi a primeira prefeita mulher de São Paulo pelo PT, deixou a legenda em 1998 e migrou para o PSB.

    As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here