Deputada lamenta estupro e assassinato de paraibana e vai levar discussão para ALPB

    0

    A presidente da Comissão dos Direitos da Mulher, deputada estadual Camila Toscano (PSDB), vai levar a discussão sobre a violência contra mulheres para a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). A parlamentar lamentou o crime ocorrido no último sábado (20).

    As mulheres foram sequestradas no bairro de Jardim Cidade Universitária, em João Pessoa, por volta das 20h, quando voltavam da festa junina do filho de uma delas de apenas 9 meses. Elas foram violentadas em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Não satisfeitos com as atrocidades cometidas, os criminosos tentaram estrangular as mulheres e ainda passaram com o carro por cima delas, antes de fugir. Eles abandonaram o bebe amarrado dentro da mata. A mulher de 42 anos acabou morrendo.

    A deputada vai propor uma audiência pública para discutir o assunto no âmbito da Comissão da Mulher, tão logo a Assembleia Legislativa retorne do recesso parlamentar. “Todas as semanas acompanhamos casos de mulheres que foram estupradas, espancadas e até assassinadas. Quem não lembra da ‘Barbárie de Queimadas’, onde cinco mulheres foram abusadas por um grupo de dez homens e duas delas acabaram assassinadas?”, questionou Camila. A tucana lembrou que em 2014 os dados oficiais do Estado apontam para 104 assassinatos de mulheres.

    A deputada ressaltou que existe uma lei, aprovada e sancionada este ano, que torna o feminicídio (assassinato de mulheres por questão de gênero) crime hediondo e qualificado. “Tivemos um grande avanço em relação a legislação. Esse tipo de crime agora é imprescritível e inafiançável. Temos que estar vigilantes para que a lei seja cumprida, pois a punição severa diminui a prática do feminicídio”, destacou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here