Depois do PT, PMDB foi o que mais perdeu votos em 2016

0

 

O PT não foi o único grande partido da política brasileira a ver sua votação cair este ano. Se os petistas tiveram uma queda vertiginosa em número de prefeituras, votos e população sob o seu comando, o seu principal adversário no momento, o PMDB, também acumulou insucessos na eleição de 2016, em comparação com a disputa de 2012. Depois do partido dos ex-presidentes Lula e Dilma, a sigla do presidente Michel Temer foi a que mais perdeu votos no intervalo de quatro anos: quase 1,5 milhão – caiu de 18,6  milhões, em 2012, para 17,2 milhões na última votação.

Embora tenha aumentado o número de prefeituras conquistadas (de 1.021 para 1.038), inclusive em cidades com mais de 200 mil eleitores (de 11 para 14), o PMDB vai administrar municípios que somam 2 milhões de eleitores a menos do que os alcançados há quatro anos.

Na eleição passada, o partido venceu em cidades que totalizavam 23,1 milhões de eleitores. A partir de janeiro de 2017, administrará um eleitorado de 21 milhões. A diferença pode ser creditada, em parte, à perda da prefeitura do Rio de Janeiro. O prefeito Eduardo Paes (PMDB) não conseguiu emplacar sequer no segundo turno o seu afilhado político, o deputado Pedro Paulo (PMDB), superado por Marcelo Freixo (Psol) e pelo prefeito eleito, Marcelo Crivella (PRB).

Os dados são de balanço do Congresso em Foco com base em informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As perdas do PMDB e, principalmente, do PT contrastam com o avanço do PSDB, que saiu da eleição como o mais votado, o partido que mais elegeu prefeitos em municípios com mais de 200 mil eleitores e o que comandará a maior população no país, além de São Paulo, o maior colégio eleitorado do país.

O crescimento do PSDB, em números:

– Aumentou de 695, em 2012, para 803 (15,5%) o número de prefeituras conquistadas;

– Aumentou de 19 para 28 o número de municípios com mais de 200 mil eleitores (47,37%);

– Aumentou de 16,5 milhões para 34 milhões (106%) a população governada.

– Aumentou de 19,5 milhões para 21,7 milhões (11,32%) o total de votos recebidos.

A queda do PT, em números:

– Caiu de 638 para 254 (-60,19%) o número de prefeituras;

– Caiu de 17 para 1 (-94,1%) o número de municípios com mais de 200 mil eleitores;

– Caiu de 27 milhões para 4 milhões (-85%) a população governada.

– Caiu de 24,2 milhões para 7,6 milhões (-68,6%) o total de votos recebidos.

Confira abaixo o perde e ganha dos partidos em número de cidades, conquistas nos maiores municípios, eleitorado a ser governado e total de votos recebidos, em 2012 e 2016:

Depois do PT, PMDB foi o que mais perdeu votos em 2016

Depois do PT, PMDB foi o que mais perdeu votos em 2016Depois do PT, PMDB foi o que mais perdeu votos em 2016Depois do PT, PMDB foi o que mais perdeu votos em 2016

Fonte: Congresso em Foco

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here