Decisão do TSE pode deixar o PSB com a maior bancada da Assembleia Legislativa da PB

    0

    O ministro do TSE, Luiz Fux, reformulou a decisão do Tribunal Regional da Paraíba (TRE-PB) que havia impugnado o registro da candidatura de Raoni Mendes (PDT) a deputado estadual nestas eleições. Após a decisão de Fux, os 13,8 mil votos de Raoni foram validados pela Justiça Eleitoral, fazendo com que o mesmo assuma a terceira suplência para uma vaga na Assembleia.

    O vereador pessoense fica na suplência, logo atrás de Hervázio Bezerra (PSB) e de Arthur Cunha Lima Filho (PRTB). Raoni Mendes disse que a decisão do ministro Luiz Fux é uma prova da sua conduta ética na política. “Isso para mim foi uma satisfação em ter o reconhecimento da Justiça. Eu passei por um processo de injustiça e o TSE agora faz com que aquilo que eu pedi, que foram os votos, sejam divulgados. Continuarei assim na política agradecendo a Deus a oportunidade de estar hoje representando o povo de João Pessoa e ter a suplência de deputado reconhecida”, afirmou Raoni.

    O ministro Fux na decisão disse que “o valor ínfimo doado” (R$ 998,14), não tinha o poder de interferir na isonomia entre os candidatos nem na normalidade do processo.

    Decisão pode mudar composição na ALPB

    Com a decisão do TSE em validar os votos de Raoni Mendes, o deputado Trócolli Jr. pode perder a vaga no Legislativo Estadual, cedendo a cadeira para o socialista Hervázio Bezerra, deixando o PSB com a maior bancada da ALPB, com Adriano Galdino, Buba Germano, Estela, Jeová Campos, Hervázio Bezerra e Ricardo Barbosa e

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here