Debate TV Correio: Ricardo revela escândalo em repasse de terreno feito por Cássio

    0

    O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação A Força do Trabalho, evidenciou novamente a forma de administrar do candidato do PSDB ao Governo do Estado. Durante debate promovido neste domingo (19) pela TV Correio, o socialista denunciou que no período em que Cássio Cunha Lima governou a Paraíba, uma área que havia sido destinada a instalação de um parque industrial foi repassada por um preço irrisório para a construção de um condomínio de luxo.

    Ricardo deixou claro que o candidato tucano governa para seus amigos e para sua família, ao invés de governar para o povo paraibano. “Em 1997, o então governador José Maranhão (PMDB) desapropriou uma área de 184 hectares para a criação do distrito industrial do Conde, e o senhor, em 2005, fez com que aquela área pudesse ter utilização residencial, repassando o terreno para a construção de um condomínio de luxo, que está sendo comercializado atualmente”, revelou Ricardo.

    Em seu questionamento, o governador perguntou a Cássio se o negócio tinha sido ‘bom para a Paraíba’, mas o tucano tergiversou e não respondeu. Na réplica, Ricardo explicitou que seu opositor mistura os interesses públicos com seus interesses privados, já que vendeu o terreno por R$0,59 por metro quadrado, em uma área que está sendo comercializada atualmente por R$464 por metro quadrado, o que significou um lucro de 78.000% para a empresa. “Ao mesmo tempo, o Estado ficou sem ter uma área para o parque industrial na Mata Sul. Eu, que tenho compromisso com o desenvolvimento econômico do Estado, fui até Caaporã e desapropriei uma área para que o polo industrial pudesse ser construído, como está acontecendo agora. O senhor não governa para o povo da Paraíba, Cássio, o senhor governa para os seus amigos”, acusou o governador.

    Em outro momento do debate, ao ser questionado sobre sua ‘credibilidade’, Ricardo disse que o povo paraibano conhece a trajetória dos dois candidatos, e saberá eleger quem realmente trabalhou pela Paraíba. “Pergunte a qualquer paraibano se, ele tivesse que deixar sua empresa nas mãos de um de nós, com quem ele deixaria. Esta é a reflexão que eu quero que o povo faça. Eu tenho a credibilidade de quem abriu 10 hospitais, construiu 2,4 mil quilômetros de rodovias e seis escolas técnicas. Minha credibilidade foi construída durante minha carreira como prefeito e governador. Quem me dá a credibilidade é o povo, Cássio, com quem você não tem mais credibilidade alguma”, finalizou o socialista.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]