Corpo de Bombeiros interdita rua em JP após túnel da Lagoa romper novamente

0

Por oferecer riscos à população, o Corpo de Bombeiros interditou a Rua Padre Azevedo, no Centro de João Pessoa. A ação aconteceu na noite deste sábado (17), após a tubulação do canal da Lagoa estourar.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jair Carneiro de Barros, a área foi interditada devido o comprometimento do asfalto e calçadas. “O canal da Lagoa estourou e abriu calçadas e galerias pela força da água. Interditamos e isolamos a área até a altura do Paço Municipal, pois o volume de água era intenso com riscos de afundar o piso”, explicou o comandante.

As equipe do Corpo de Bombeiros estiveram até a madrugada monitorando o local. A corporação aguarda laudo da Prefeitura de João Pessoa para liberação da área, uma vez que ela se encontra comprometida. “Estamos aguardamos um laudo técnico da prefeitura para que a área possa ser liberada. O solo está comprometido. É preciso um estudo detalhado para a liberação, uma vez que pelo local circulam centenas de carros e ônibus diariamente”, finalizou o comandante do Corpo de Bombeiros.

Saiba mais

Essa não foi a primeira vez que o túnel rompeu na Rua Padre Azevedo. No final de dezembro do ano passado, moradores da área conseguiram encher dois baldes com os peixes que estavam na rua e que, segundo confirmou a Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa, eram da Lagoa do Parque Solon de Lucena.

Na época, o diretor de obras da Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa, Marcos César, disse que o novo túnel de escoamento de água que integra as obras de revitalização da Lagoa já estava liberado, mas no ponto de encontro com uma galeria antiga, a estrutura não suportou e rompeu.

Corpo de Bombeiros interdita rua em JP após túnel da Lagoa romper novamente

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here