Coordenação da campanha de Ricardo rebate críticas do guia de Cássio

    0

    A coordenação da coligação ‘A Força do Trabalho’ divulgou nota nesta quinta-feira (28), em que rebate as informações divulgadas na propaganda eleitoral do candidato do PSDB ao Governo do Estado e acusa Cássio Cunha Lima de tentar se apropriar das reformas de hospitais realizadas na gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB). Trecho da nota diz que 
    “as obras de reforma e ampliação, aquisição de equipamentos dos hospitais de Sumé, Monteiro e Belém do Brejo do Cruz foram, na verdade, concluídas e entregues à população pelo Governo de Ricardo Coutinho e não como anunciado pelo candidato tucano que tenta se apropriar das obras do atual governo”.

    Na nota, a coligação reafirma que na gestão de Ricardo foram abertos quase mil leitos hospitalares na rede estadual de saúde da Paraíba. “O Governo do Estado, no período de 2011 a 2014, empreendeu esforços no sentido de ampliar a capacidade da rede hospitalar instalada, através de ações de construção de novas unidades hospitalares, bem como pela reforma e ou ampliação de hospitais já existentes. Essas medidas significaram a ampliação de mais 980 novos leitos em diferentes unidades hospitalares e de pronto atendimento (UPA) no Estado”, acrescenta.

    A coligação também se reportou à denúncia de paralisação de obras em hospitais: “As obras do Hospital de Picuí foram paralisadas por falta de condição administrativa da construtora COPAL, responsável pelas obras, em razão do falecimento do seu proprietário, exigindo que novo processo licitatório fosse realizado”. A propaganda de Cássio ainda faz críticas na gestão da saúde e a nota da coligação “A Força do Trabalho” nega a acusação de que a gestão de Ricardo tem computado macas como leitos hospitalares. “As macas ocupadas por pacientes nos hospitais de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e Dom Luiz Gonzaga Fernandes mostradas no guia do candidato Cássio, não estão na lista de novos leitos criados pela gestão de Ricardo Coutinho. Na verdade, as imagens demonstram o esforço das equipes de profissionais destes estabelecimentos em realizar o melhor atendimento possível diante das necessidades dos pacientes em situação de urgência e emergência. Nos hospitais do Estado, ninguém fica sem atendimento”.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]