Convite para show de Zé Ramalho custará dois quilos de alimentos

2

Depois de muita polêmica, o governo do Estado divulgou o critério para o acesso à apresentação de Zé Ramalho e da Orquestra Sinfônica da Paraíba, no dia 5 de agosto, no Teatro Pedra do Reino, em João Pessoa. Pelo menos parte das quase 3 mil vagas do teatro será ocupada por quem trocar dois quilos de alimentos pelos convites. Bem, para os interessados, é melhor ter pressa, porque o número disponível não foi divulgado ainda pelo secretário de Cultura, Lau Siqueira. Ele estima que serão trocados mais de 1,5 mil.

Os convites poderão ser trocados por alimentos no Espaço Cultural, a partir das 9h do dia 4 de agosto, portanto, um dia antes da apresentação. Os produtos arrecadados serão doados à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). O cachê do cantor e compositor Zé Ramalho será de R$ 170 mil, segundo publicação ocorrida na edição do dia 28 do Diário Oficial do Estado. Além da cota para a troca por alimentos, parte dos convites será distribuída entre os convidados de Zé Ramalho e do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Antes de o critério para distribuição dos convites ser definido, houve muita polêmica nas redes sociais. Os internautas temiam que se repetisse o episódio da inauguração do Teatro, no ano passado, quando as apresentações da Orquestra Sinfônica da Paraíba e das cantoras Maria Juliana e Zélia Duncan foram apenas para convidados do governador. O show de Zé Ramalho marca uma dupla comemoração: 40 anos de carreira do artista e aniversário da cidade.

No show, com repertório consagrado pelo artista e que será gravado em DVD, Zé Ramalho vai atuar ao lado dos 138 músicos da orquestra. O convite ao artista foi feito pelo próprio governador Ricardo Coutinho (PSB).

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here