Contra rival inédito na atual Série C, Belo vai receber um velho conhecido em casa

0

Botafogo-PB e Sampaio Corrêa nunca se enfrentaram neste formato recente da Série C do Campeonato Brasileiro, que portanto fazem um confronto “inédito” às 16h do próximo domingo pela nona rodada da competição. Mas, se por um lado, o Belo enfrenta um novo adversário, por outro ele vai reencontrar um velho conhecido, só que no banco de reservas do rival.

Trata-se do técnico Francisco Diá, que já esteve no comando do Botafogo (2010 e 2011), mas que nos últimos dois anos enfrentou o Alvinegro nove vezes por dois times diferentes. E o retrospecto é amplamente favorável à Dia, que já venceu o Belo quatro vezes, perdeu duas e teve três empates.

Francisco Diá esteve à frente do Campinense por dois anos. Ele chegou no final de 2014 para comandar a Raposa na Série D e permaneceu até junho de 2016. Neste período, o técnico enfrentou o Botafogo oito vezes, em duas edições diferentes de Campeonato Paraibano.

Nos quatro confrontos de 2015, incluindo primeira fase e quadrangular final, foram duas vitórias do Campinense, um empate e apenas uma vitória do Botafogo. Ao fim da competição, a taça ficou no lado rubro-negro de Campina Grande.

No ano seguinte, o confronto foi mais equilibrado. Além dos dois jogos na primeira fase, que terminaram empatados, as duas equipes ainda decidiram o Paraibano, com uma vitória para cada lado. O Campinense, no entanto, perdeu quando podia e se sagrou bicampeão.

Depois de conquistar dois estaduais e um vice na Copa do Nordeste, Diá deixou o Campinense. Uma semana depois, ele foi anunciado no América-RN, onde voltou a enfrentar o Belo, desta vez, pela Série C do Brasileiro. Na ocasião, o time de Francisco Diá venceu o Belo de Itamar Schülle por 2 a 1.

O detalhe é que a vitória do Mecão tirou os 100% de aproveitamento do Belo em casa. Para se ter uma ideia, o Botafogo vinha de seis vitórias em seis jogos no Almeidão. E o mais curioso é que a última derrota do Alvinegro jogando em seus domínios naquele ano tinha sido justamente para o Campinense de Diá, no primeiro jogo da final do Paraibano, quando havia perdido por 3 a 2. A derrota para o América foi a única do Botafogo na Série C do ano passado no Almeidão. Depois disso, o Belo ainda venceu um jogo e empatou dois.

Agora, o time de João Pessoa volta a ter a chance de enfrentar Diá, em casa, para tentar equilibrar o confronto. Com a curiosidade de que o Belo está em uma situação semelhante a do ano passado: a equipe de Itamar Schülle está invicta em casa, com um empate e três vitórias.

Com 14 pontos e em terceiro lugar no Grupo A, o Botafogo recebe o Sampaio Corrêa, que tem 12 pontos e é o primeiro fora do G-4, às 16h, no Almeidão. As informaçõ

O detalhe é que a vitória do Mecão tirou os 100% de aproveitamento do Belo em casa. Para se ter uma ideia, o Botafogo vinha de seis vitórias em seis jogos no Almeidão. E o mais curioso é que a última derrota do Alvinegro jogando em seus domínios naquele ano tinha sido justamente para o Campinense de Diá, no primeiro jogo da final do Paraibano, quando havia perdido por 3 a 2. A derrota para o América foi a única do Botafogo na Série C do ano passado no Almeidão. Depois disso, o Belo ainda venceu um jogo e empatou dois.

Agora, o time de João Pessoa volta a ter a chance de enfrentar Diá, em casa, para tentar equilibrar o confronto. Com a curiosidade de que o Belo está em uma situação semelhante a do ano passado: a equipe de Itamar Schülle está invicta em casa, com um empate e três vitórias.

Com 14 pontos e em terceiro lugar no Grupo A, o Botafogo recebe o Sampaio Corrêa, que tem 12 pontos e é o primeiro fora do G-4, às 16h, no Almeidão. As informaçõ

O detalhe é que a vitória do Mecão tirou os 100% de aproveitamento do Belo em casa. Para se ter uma ideia, o Botafogo vinha de seis vitórias em seis jogos no Almeidão. E o mais curioso é que a última derrota do Alvinegro jogando em seus domínios naquele ano tinha sido justamente para o Campinense de Diá, no primeiro jogo da final do Paraibano, quando havia perdido por 3 a 2. A derrota para o América foi a única do Botafogo na Série C do ano passado no Almeidão. Depois disso, o Belo ainda venceu um jogo e empatou dois.

Agora, o time de João Pessoa volta a ter a chance de enfrentar Diá, em casa, para tentar equilibrar o confronto. Com a curiosidade de que o Belo está em uma situação semelhante a do ano passado: a equipe de Itamar Schülle está invicta em casa, com um empate e três vitórias.

Com 14 pontos e em terceiro lugar no Grupo A, o Botafogo recebe o Sampaio Corrêa, que tem 12 pontos e é o primeiro fora do G-4, às 16h, no Almeidão. As informações são do G1.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here