Conta de energia fica mais cara; veja 50 dicas para economizar

0

A conta de luz ficará mais cara neste mês de novembro. A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz no mês de novembro será a amarela, com custo de R$ 1,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A medida se deve às condições hidrológicas menos favoráveis, o que determinou o acionamento de usinas termelétricas, mais caras. Mas é possível sentir menos esse impacto. Confira 50 dicas para você economizar na conta de luz (veja abaixo).

Desde abril deste ano, a bandeira tarifária estava verde, ou seja, não havia custo extra para os consumidores. No ano passado, todos os meses tiveram bandeira vermelha, primeiramente com cobrança adicional de R$ 4,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, depois, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, mai cara do que a energia de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia elétrica em função das condições de geração de eletricidade. Por exemplo, quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de cobrar um valor que já era incluído na conta de energia, por meio do reajuste tarifário anual das distribuidoras. A agência considera que a bandeira torna a conta de luz mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente.

Veja 50 dicas para economizar nas contas de energia
1. Evite que aparelhos elétricos de refrigeração, como geladeiras e ar condicionados e de aquecimento, como ferros de passar e chuveiros, permaneçam ligados por longos períodos, pois são os que mais demandam energia do ambiente;

2. Utilize o temporizador para evitar o funcionamento desnecessário do condicionador de ar;

3. Recorra a ventiladores para manter o clima agradável, após a refrigeração do cômodo;

4. É importante promover com regularidade a manutenção e a limpeza desses equipamentos. A medida higiênica contribui para um desempenho mais econômico já que a sujeira acumulada no filtro dificulta a troca de calor e passagem do ar, exigindo mais potência e, consequentemente, maior consumo de energia.

5. Fique alerta para o estado de conservação das geladeiras. Segundo a Coelba, os refrigeradores chegam a representar 30% do consumo de uma residência quando estão em má condições.

6. Freezers e geladeiras devem ser instalados em locais ventilados, longe de qualquer fonte de calor e com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes e armários.

7. Observe periodicamente, a borracha de vedação que, uma vez ressecada, é causa de um dos maiores desperdícios de energia.

8. No caso do chuveiro elétrico, o recomendável é colocá-lo sempre na posição verão. Quanto mais baixa a temperatura da água, menor o consumo de energia.

9. Fornos e os ferros elétricos somente devem ser usados quando necessário. É importante otimizar seus funcionamentos para aproveitar o calor, evitando desligar e reaquecer o equipamento com frequência.

10. Deve-se ainda estar atento para o uso de itens como churrasqueiras elétricas e grills que apresentam alto consumo de energia. Mesmo eventualmente, a ligação desses equipamentos deve ser avaliada. A melhor opção é substituir os itens elétricos por modelos a carvão ou a gás.

11. O uso de aparelhos de som em alto volume, bem como de ventiladores na velocidade máxima, resulta também em maior gasto de energia.

12. Lâmpadas LED tem ainda melhor desempenho do que as fluorescente compactas e economizam cerca de 80% de energia elétrica em relação às incandescentes, com maior durabilidade.

13. Um ambiente pintado em cores claras e que fique com as janelas abertas o maior tempo possível também contribui para a eficientização do consumo de energia.

14. Apague as lâmpadas quando não estiver utilizando.

15. Não seque roupas atrás da geladeira.

16. Desligue o computador da tomada quando não estiver usando.

17. Evite banhos demorados com chuveiro elétrico.

18. Para obter um consumo racional de energia e assegurar contas livres de inconvenientes, a Coelba aconselha o consumidor a ter atenção no momento da compra de eletrodomésticos. É importante optar por produtos que apresentam o Selo Procel – que indicam os aparelhos mais eficientes e que consomem menos energia.

19. Quando for usar a máquina de lavar, lave o máximo de roupas de uma vez só

20. Coloque a geladeira em local ventilado.

21. Não abra a geladeira a todo momento.

22. Não deixe a TV ligada sem necessidade.

23. Opte por TV’s de Led. Segundo a Coelba, são mais econômicas.

24. Desligue a TV da tomada quando não estiver usando. Mesmo em estado de “Stand By”, a televisão consome energia.

25. Junte o máximo de roupas possível para passar tudo de uma vez.

26. Use a temperatura indicada para cada tipo de tecido.

27. Escolha o ferro de passar de menor potência.

28. Mantenha o filtro da máquina de lavar sempre limpo.

29. Desligue o chuveiro enquanto estiver se ensaboando.

30. Evite acender lâmpadas durante o dia. Abra a janela e aproveite o máximo a luz natural.

31. Regule o termostato da geladeira adequadamente de acordo com a estação fria do ano.

32. Avalie a real necessidade de passar algumas peças de roupa e só passe as necessárias.

33. Escolha roupas com tecidos que não precisem ser passadas.

34. Quando ligar o ar condicionado, mantenha janelas e portas fechadas.

35. Se ficar 20 minutos sem usar o computador, coloque-o para “hibernar”.

36. Dê preferência aos sistemas solares para aquecimento da água.

37. Apague as lâmpadas que não estiver utilizando, exceto aquelas que são para sua segurança.

38. Descongele a geladeira regularmente.

39. Se você mora em apartamento, evite utilizar o elevador quando for subir 1 ou 2 andares.

40. Evite utilizar equipamentos que consomem muita energia, como chuveiro elétrico, nos horários de pico.

41. Use notebook. Segundo a Coelba, é mais econômico.

42. Escolha corretamente o ar condicionado de acordo com o tamanho do ambiente.

43. Não durma com a TV ligada, utilize a função “timer” para que desligue sozinha.

44. Evite utilizar extensões, pois desperdiçam energia.

45. Evite apagar e acender a lâmpada o tempo todo.

46. Faça o degelo da geladeira na época correta, acumulo de gelo faz o motor trabalhar mais.

47. Evite guardar alimentos quentes na geladeira.

48. Tome banhos, no máximo, de 10 minutos.

49. Limpe os buracos por onde a água sai do chuveiro, para aumentar o vazão.

50. Troque a resistência queimada, fazer remendo desperdiça energia.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here