Compensação mensal: Cartaxo vai atrás de recursos até no INSS

0

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Gadelha, assinaram, nesta terça-feira (13) o convênio da Compensação Previdenciária (Comprev), durante reunião no Centro Administrativo Municipal (CAM). A partir deste convênio, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) terá direito a recursos mensalmente devido à compensação previdenciária de funcionários que contribuíram ao INSS, mas se aposentaram por um regime próprio da Prefeitura.

“Existe um valor a receber pela Prefeitura, uma compensação em virtude de arrecadações de contribuições previdenciárias feitas ao longo da história e que hoje foram revertidas em benefícios pagos pela Prefeitura. Como o prefeito Luciano Cartaxo conta com uma equipe técnica extremamente competente, eles foram muito diligentes, trabalharam a contento, apresentaram estes estudos no tempo correto e ao INSS cabe agora dar cumprimento a este acordo para que os repasses ocorram na frequência e com os valores devidos”, afirmou Leonardo Gadelha.

De acordo com o presidente do INSS, aproximadamente 30 municípios paraibanos têm direito a algum tipo de compensação, no entanto, a PMJP sai na frente. “Para que isso ocorra, você precisa ter uma equipe competente e diligente. João Pessoa sai na frente justamente por conta disso, porque o corpo técnico da Prefeitura soube trabalhar no momento adequado, soube se antecipar, apresentar estes dados para o INSS e agora vai começar a receber o que é de direito”, destacou.

O prefeito Luciano Cartaxo destacou que o repasse desses valores devidos, de alguma forma dá um alívio às contas da Prefeitura neste momento de crise econômica brasileira. “Primeiro demonstra que nós estamos tratando a previdência municipal com muito zelo, de maneira que estamos assegurando o futuro dos aposentados e pensionistas da Prefeitura Municipal de João Pessoa. E claro que com este convênio se estabelece uma perspectiva de novos recursos para a Prefeitura, o que é importante principalmente no cenário de crise que a gente está vivenciando hoje”, afirmou.

Leonardo Gadelha também explicou que além desses repasses do Comprev que devem ser mensais, a PMJP também pode receber outro repasse em uma única vez. “Existe também um passivo estocado que estamos avaliando e que deverá ser reposto em uma parcela única. Então, tanto a Prefeitura receberá mensalmente, como deverá ter um atrasado para receber em um único repasse”, disse.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here