Com Neymar e Messi, Barcelona bate River Plate e fatura terceiro Mundial

    0

    O Barcelona conquistou neste domingo (20) o título do Mundial de Clubes de 2015. Jogando no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão, o time espanhol bateu o River Plate por 3 a 0, com show do trio de ataque Messi-Suárez-Neymar, e faturou o torneio da Fifa pela terceira vez (2009, 2011 e 2015). Messi marcou um gol, Suárez marcou dois e Neymar deu passe para o primeiro e o terceiro.

    Com a vitória em 2015, o Barça se isola como o maior vencedor de Mundiais organizados pela Fifa – o Corinthians tem dois, enquanto São Paulo, Internacional, Milan, Manchester United, Inter de Milão, Bayern de Munique e Real Madrid têm um cada. No entanto, considerando também a antiga Copa Intercontinental, o Barça ainda fica atrás de Milan e Real Madrid (quatro títulos cada), empatando com São Paulo e Inter de Milão (três títulos cada).

    Na partida da deste domingo, o Barcelona contou com as voltas de Lionel Messi e Neymar, ausentes na vitória por 3 a 0 sobre o Guangzhou Evergrande pelas semifinais. O River Plate conseguiu impor uma marcação forte no primeiro tempo, mas sem evitar o gol de Messi; no segundo tempo, com mais espaços, o time catalão tomou conta da partida.

    De quebra, a vitória ainda valeu a Suárez artilharia do torneio, com cinco gols – Paulinho (Guangzhou Evergrande) e Douglas (Sanfrecce Hiroshima) marcaram dois gols cada. Curiosamente, os dois brasileiros se enfrentaram (e marcaram os gols) na decisão do terceiro lugar, na qual o Sanfrecce venceu o Guangzhou por 2 a 1.

    River começou com marcação firme
    Como esperado, o Barcelona começou impondo seu ritmo e obrigando a defesa do River a trabalhar. Na primeira grande chance, Iniesta aproveitou a bola que Maidana afastou e acionou Messi na área; o camisa 10 dominou e chutou sem deixar a bola cair no chão, e só não marcou porque Barovero se esticou e defendeu em dois tempos.

    No entanto, a marcação firme das duas equipes tornaram a partida mais equilibrada – e as chances, mais escassas. Aos 23 min, Daniel Alves arriscou de longe, e Barovero defendeu sem dificuldades. Na resposta, aos 26 min, Mora também tentou de fora da área, facilitando o trabalho de Bravo. Alario tentou da mesma forma aos 30 min, e o chileno tampouco se complicou para encaixar no chão.

    Até que veio o passe de Neymar para Messi…e gols
    Na pressão, o Barcelona não deu sossego, até chegar ao gol. Com 33 min, ele quase saiu, na cobrança de falta de Messi que Barovero, meio sem jeito, tirou para escanteio. Mas, aos 35 min, não teve mais jeito: Neymar arrumou de cabeça para o camisa 10, que dominou dentro tirando da defesa e tocou para as redes, sem chances para o camisa 1 do River.

    No segundo tempo, o River começou procurando espaços e pagou caro: logo aos 4 min, Busquets lançou Suárez, que saiu na cara de Barovero e fez 2 a 0. Com 7 min, Messi recebeu na área e quase fez o terceiro, mas o chute fraco facilitou a defesa do camisa 1. Com 9 min, o argentino tocou na saída do goleiro, e só não ampliou porque Sanchez conseguiu tirar em cima da linha.

    Se a partida parecia decidida, ficou ainda mais nas mãos do Barcelona aos 22 min: após cruzamento de Neymar pela direita, Suárez apareceu na área e cabeceou para fazer o terceiro.

    Chance mesmo do River só veio após o 3 a 0
    A primeira grande chance do River Plate no segundo tempo apareceu aos 31 min, em cruzamento pela direita no qual Piqué não subiu – Alario cabeceou e obrigou Bravo e fazer grande defesa para espalmar por cima do gol. Com 38 min, Martínez arriscou da entrada da área, e Bravo mais uma vez defendeu – desta vez, a bola ainda acertou a trave.

    No fim, sem balançar as redes, Neymar foi substituído. Batido, o River tocou a bola. No fim, mais uma festa do Barcelona – desta vez, no Japão.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here