Com chegada de Schülle, atletas da base ganham espaço no time titular

0

Tem sido uma boa temporada para o volante Djavan no Botafogo-PB. Atleta da base, ele vem ganhando cada vez mais espaço no time desde a chegada do treinador Itamar Schülle. Em anos anteriores, atletas da base serviram para compor o elenco, mas não eram tão aproveitados. Mas neste ano, algumas coisas estão mudando. Enquanto Djavan tem sido titular absoluto, o meia Lukinhas também vem entrando bem e tem ganhado elogios do técnico.

– Quando eu cheguei aqui, me disseram que os treinadores que me antecederam gostavam de Djavan. Gostavam, mas nunca botavam para jogar. Eu dou oportunidade, coloco, dou sequência, dou tempo para ele se maturar. Tenho feito isso com Djavan e com Lukinhas. E eu vejo que Djavan tem crescido muito na competição, pela confiança e pela tranquilidade que a gente vem dando a ele. A mesma coisa com Lukinhas – explicou o treinador.

E após seis rodadas do Paraibano e três da Copa do Nordeste, o técnico do Alvinegro afirmou que este não é um time de 11 ou 14 jogadores e lembrou que já colocou todos os jogadores de linha para jogar. O único que sempre mantém a posição é o goleiro Michel Alves.

– Eu acredito em Lukinhas, acredito em Djavan, acredito no grupo. Contra o Paraíba foi a estreia de Robert. Isso prova que nós temos um grupo no qual todos têm a minha confiança, e eu tenho dado oportunidade a todos, e cada um, dentro da sua característica, tem dado o seu melhor – disse.

Schülle ainda falou sobre as críticas que tem ouvido por colocar alguns atletas da base em campo. Ao colocar Lukinhas em campo, ele escutou um torcedor gritar que ele iria queimar o meia e isso não agradou nada o treinador.

Na vitória por 3 a 0 sobre o Paraíba, Lukinhas entrou aos 34 minutos do primeiro tempo no lugar de Janeudo e iniciou a jogada do segundo gol do Belo, marcado por Jó Boy.

– Eu escutei alguém gritar atrás de mim que eu coloquei Lukinhas para queimá-lo. São pessoas que não conhecem realmente do futebol. Se eu perguntar a uma pessoa assim quais são as cinco posições com a bola parada, nas quais não existe impedimento, ela não sabe. Ou seja, ela assiste futebol, mas não sabe nada de futebol. E Lukinhas está pronto, aos pouquinhos você vai lançando, na hora certa. Colocamos Lukinhas e ele correspondeu. Então, eu acho que a pessoa que fala isso tem que viver um pouco mais o futebol – disparou. As informações são do Globo Esporte PB.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here