Colisão entre trem e ônibus deixa mortos e muitos feridos em Santa Rita

3

Uma tragédia se abateu sobre o município de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, na tarde desta segunda-feira (29). Um acidente envolvendo um trem e um ônibus, no distrito de Várzea Nova, teria deixado pelo menos três pessoas mortas e muitas feridas.

Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas. A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) ainda não informou o motivo da colisão.

Por volta das 17h, a assessoria de imprensa da  CBTU divulgou uma nota por meio das redes sociais, onde “lamenta o acidente ocorrido na PN de Várzea Nova no Município de Santa Rita, e vai abrir uma sindicância para apurar os fatos”.

“Até agora, de acordo com testemunhas no local, o trem vinha no sentido João Pessoa/Santa Rita, às 15:30, apitou várias vezes, inclusive freou, mas o ônibus estava em cima da linha do trem e houve a colisão. De acordo com dados da Polícia Civil, até agora são seis feridos e três mortes”, acrescenta a nota.

O delegado Antônio Farias, da 6ª Delegacia Distrital em Santa Rita, disse que uma falha do ônibus teria feito com que o veículo ficasse parado na linha férrea. Ainda segundo o delegado, o motorista poderá ser indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, por não ter aberto as portas do ônibus para que os passageiros descessem antes da colisão.

“Estamos ouvindo os envolvidos e testemunhas para o futuro inquérito. Já sabemos que houve uma falha no ônibus e que isso fez com que o veículo parasse na linha férrea. Também sabemos que o trem não tem condições de parar rapidamente e não poderia evitar a colisão. Outro fato é que o motorista do ônibus não abriu sequer as portas para que os passageiros descessem e pudessem fugir da colisão. Isso vai ser investigado e ele poderá ser indiciado por homicídio culposo”, afirmou o delegado.

Os feridos começaram a chegar ao Trauma por volta das 17h15. Oito pessoas deram entrada na unidade, sendo cinco em situação gravíssima e com risco de morte. As outras três pessoas foram diagnosticadas com fraturas em diversos membros do corpo. Mais vítimas feridas teriam sido atendias pelo Corpo de Bombeiros e levadas para outras unidades de saúde da Região Metropolitana.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here