Coligação de RC ingressa com ação contra a Rede Paraíba por abuso do poder de mídia

    0

    A Coligação A Força do Trabalho, encabeçada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), vai impetrar uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) por abuso de poder de mídia em razão do engajamento da Rede Paraíba de Comunicação em favor da candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado. Para a coligação, é criminosa a forma pela qual o sistema resolveu se engajar na campanha eleitoral do tucano, em desfavor da candidatura socialista.

    De tão engajado, o Jornal da Paraíba, um dos veículos do grupo, chegou a debochar do eleitorado paraibano ao expor manchete “decretando” empate na pesquisa IBOPE que trouxe Ricardo Coutinho com 48% da intenção de votos e Cássio Cunha Lima com 42%. Sem contar as diárias acusações irresponsáveis de supostas irregularidades no Governo e na campanha do PSB, a maioria extraída do conteúdo do guia eleitoral do próprio candidato tucano, como se fosse uma extensão da comunicação do PSDB.

    Na edição desta terça-feira (21), o Jornal da Paraíba chega a provocar a própria Justiça Eleitoral, expondo manchete sobre tema explorado no guia do candidato do PSDB, que foi vetado em razão do conteúdo calunioso e discriminatório.

    Artigos de colunistas e programas de rádio tendenciosos completam a artilharia que a Rede Paraíba de Comunicação dispara contra o candidato Ricardo Coutinho. As denúncias contra o senador Cássio Cunha Lima, ao contrário, sejam elas formais ou não, são solenemente ignoradas. Há, portanto, um nítido esquema, orientado pela direção do sistema, para blindar a figura de Cássio Cunha Lima e denegrir a imagem do governador, com objetivo de confundir o eleitor e desequilibrar o pleito.

    A Rede Paraíba de Comunicação, que já recebeu nestas eleições multa em razão do uso atentatório da Rádio CBN contra Ricardo, nunca escondeu sua relação direta com Cássio Cunha Lima, tratando-o sempre como um amigo da família e, certamente, uma excelente oportunidade de expansão dos negócios do grupo, detentor ainda de empresas no ramo de alimentos e carros, entre outros.

    O governador Ricardo Coutinho, que não pactua com o modelo adotado pelo atual sistema, para quem o Governo e o governante devem ser reféns de seus interesses empresariais, não se curvará às mentiras e ilações que diariamente são veiculadas por todos os órgãos que compõem a Rede Paraíba. E está pronto para provar que o povo paraibano não pode mais ser tratado como massa de manobra na mão de sistemas de comunicação, que, longe do dever democrático de informar, deforma e distorcem os fatos, com objetivo escuso de interferir no processo eleitoral.

    A Justiça Eleitoral, que tem sido vigilante e incansável no equilíbrio do pleito, saberá interromper esse abuso e punir os responsáveis.

    Assessoria

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]