Paraibano: Clássicos terminam sem registro de ocorrências em JP e CG

    0

    O esquema de segurança que contou com 300 policiais militares garantiu a tranquilidade durante o clássico entre Campinense e Treze, realizado nesse domingo (1º), no estádio Amigão, na cidade de Campina Grande.

    As ações de segurança para o jogo começaram 3h antes do início da partida, com bloqueios policiais e ocupação de locais considerados como possíveis pontos de encontro de torcedores rivais. Os ônibus das torcidas organizadas dos dois clubes foram escoltados no trajeto até o Estádio.

    A saída dos torcedores, após o clássico terminar, foi toda disciplinada, com a torcida do Galo saindo antes e depois a da Raposa – ambas acompanhadas pela presença de equipes da Rotam Cavalaria e Força Tática.

    O comandante do 2º Batalhão, major Gilberto Felipe, disse que fará uma reunião com os oficiais do batalhão para avaliar o trabalho realizado e já traçar diretrizes para o novo encontro entre os dois clubes, que acontecerá no dia 19 de abril. “Conseguimos alcançar o êxito na segurança do clássico, com apenas a condução de um torcedor que estava com um apito atrapalhando o trabalho da arbitragem na partida, não registrando nenhum tipo de ocorrência, atuação que vamos buscar manter em outras partidas que forem realizadas na cidade de Campina Grande”, destacou.

    Em João Pessoa – O Botauto também terminou sem registros de ocorrências. Para a partida, 150 policiais militares foram disponibilizados para garantir a segurança.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here