Cinco principais pontos que merecem atenção nos lançamentos da Apple

    0

    A Apple realizará seu evento anual nesta quarta-feira (9) para revelar uma nova versão de seu produto mais importante, o iPhone. A empresa também tem usado a ocasião para atualizar clientes, analistas e investidores sobre seu desempenho e outros produtos — e neste ano provavelmente não será diferente.

    Listamos algumas das principais coisas que merecerão atenção quando o evento começar, no Auditório Bill Graham Civic, em São Francisco, no dia 9 de setembro, às 10h (14h horário de Brasília).

    Atualizações do iPhone

    No ano passado, a Apple apresentou a reformulação mais significativa do iPhone desde o lançamento do aparelho, em 2007, com dois modelos de tela grande e uma versão repaginada do software móvel iOS. As mudanças deste ano são muito menos significativas. O design do aparelho será similar ao dos modelos iPhone 6 e 6 Plus, somado a uma câmera melhorada e a um processador mais rápido. O aparelho provavelmente incluirá um recurso chamado Force Touch, que estreou com o Apple Watch e permite que o usuário interaja com os recursos do aparelho pressionando a tela com mais força. O iPhone também poderá ganhar uma nova opção rosa-dourado, que se soma à linha de branco, cinza e dourado. Os analistas preveem um crescimento limitado das vendas dos novos modelos porque os números recordes do ano passado representam uma base de comparação difícil.

    Aplicativos para Apple TV

    A Apple procura há anos convencer as empresas de mídia a fecharem acordos para a Apple TV para levar a programação ao vivo para fora dos pacotes tradicionais de cabo e satélite. Sem esses acordos, a Apple está usando a estratégia que ajudou a transformar o iPhone e o iPad em sucesso — está abrindo sua caixa decodificadora de TV para aplicativos de terceiros. Pela primeira vez os desenvolvedores poderão construir jogos, vídeos e outros conteúdos para uma nova versão da Apple TV. O controle remoto do aparelho também deverá receber uma atualização, com um touch pad e sensores de movimento, para que possa funcionar como um controle de videogame, informou o site TechCrunch. E com o Buzzfeed publicando que o novo produto custará US$ 150 (cerca de R$ 568) -mais do que os aparelhos concorrentes da Amazon, da Google e da Roku-, serão necessários aplicativos de qualidade para ajudar a conquistar clientes.

    iPad maior

    É aguardado o lançamento de um iPad com tela maior que deverá diminuir ainda mais as diferenças entre um tablet e um laptop. A Apple deu dicas sobre esse modelo maior no começo deste ano quando realizou uma apresentação prévia de um novo recurso do iOS que permite que os usuários visualizem dois aplicativos em uma tela de iPad ao mesmo tempo. As vendas do tablet vêm caindo e o CEO da Apple, Tim Cook, mirou os clientes empresariais como área de crescimento. Um novo iPad mini também deverá ser lançado, informou o site 9to5Mac.

    Bloqueando anúncios on-line

    O novo sistema operacional iOS 9 da Apple para o iPhone e o iPad também permitirá que as pessoas baixem softwares que impedem a exibição de anúncios on-line nos sites. A capacidade de bloquear anúncios é controversa, porque mina os modelos de negócio baseados em publicidade de boa parte da internet em um momento em que mais pessoas estão navegando por meio de dispositivos móveis. Um relatório recente da Adobe Systems Inc. e da PageFair Ltd., uma startup com sede em Dublin que ajuda as empresas a responderem ao bloqueio de anúncios, estima que as ferramentas de bloqueio de anúncios eliminarão US$ 22 bilhões em receita com publicidade on-line neste ano. O AdBlock Plus, um dos serviços mais populares de bloqueio de anúncios, diz que terá um software disponível para iPhone e iPad logo depois que a Apple lançar o iOS 9.

    Reação dos investidores

    As ações da Apple estão em queda de cerca de 16 por cento desde que a empresa informou seus lucros pela última vez, em julho, devido à preocupação com a diminuição das vendas do iPhone, especialmente na China. Apesar de as ações geralmente responderem de maneira silenciosa a eventos de produtos, os investidores estarão observando de perto em busca de pistas a respeito da perspectiva de longo prazo da empresa. As vencedoras e perdedoras entre as fabricantes que produzem os componentes que recheiam os produtos da Apple também poderão ver oscilações nos preços de suas ações. As  informações são do Uol.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here