Cida rebate Cartaxo e dispara: “perdeu o rumo e a noção do que seja gestão”

0

A pré-candidata do PSB à Prefeitura de João Pessoa, Cida Ramos, rebateu as declarações do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), na manhã desta sexta-feira (20). Ele afirmou que é uma pessoa de trabalho, tem 50 obras para serem entregues até o aniversário da cidade de João Pessoa, não olha para o passado e não vive chorando adversidades e pedindo empréstimos, esta última declaração é uma alfinetada direta ao governador Ricardo Coutinho, que protocolou um empréstimo ao Estado no Banco do Brasil.

“O papel dele (o governador Ricardo) é ir atrás sim dos empréstimos, é ir atrás do melhor para o Estado. Coisa que Luciano não fez, por isso que devolveu tantos recursos (federais). Ele foi um prefeito altamente privilegiado porque ele era único prefeito do PT (em capitais) do Nordeste e foi incapaz de aproveitar os recursos que vieram. É só ver o caso do Centro da Pessoa com Deficiência, que o recurso veio, mas voltou por falta de operacionalidade”, denunciou Cida.

Sobre as alardeadas 50 obras do prefeito, Cida ironizou. “Não são obras, são maquiagens. Ele faz pequenas reformas e diz que está inaugurando. Inaugura um canteiro e diz que é uma praça, põe climatização e diz que está inaugurando uma escola, aí fica difícil”, provocou.

“Ele prometeu João Pessoa para um milhão habitantes e o que ele tem feito para que isso seja realidade? Qual é grande obra dele de mobilidade, por exemplo? Se João Pessoa amanhecesse com um milhão de habitantes seria o caos. Se com quase 800 mil a prefeitura já não consegue dar conta em termos de política de mobilidade, de transporte, de políticas da área de saúde, basta ver o Trauminha, basta ver o que ocorre hoje nas USFs, falta tudo, falta até luva”, questionou Cida sobre um dos principais slogans da campanha de Cartaxo de 2012.

Ela disse que as críticas que vem fazendo à gestão da Prefeitura Municipal de João Pessoa tem respaldo nos relatos das pessoas nas plenárias que vem fazendo nos bairros da capital, que foram criticadas por Cartaxo e classificadas por ele como “algo ultrapassado” na política.

“Quem diz isso não sou, quem está dizendo isso são as pessoas nessas plenárias, que ele diz que estão ultrapassadas porque esse tipo de contato com a população está ultrapassado. Então, eu só posso achar que Luciano perdeu o rumo, ele perdeu a noção do que seja gestão. Isso muito em função da ausência de uma relação mais próxima com os vários segmentos da cidade com a periferia”, criticou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here