Chove forte no Sertão da PB e açude São Gonçalo tem recarga d’água de 25%

0

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) registrou chuvas consideradas significativas nos últimos dias em algumas cidades do Sertão paraibano. Em Sousa, onde a precipitação foi de 109 milímetros na terça-feira (22), o açude São Gonçalo teve recarga e passou de 2% para 27% da capacidade em duas semanas. Já em Cajazeiras, o Açude Grande, que fica no Centro, sangrou.

Segundo o meteorologista da Aesa Lindenberg Silva, o que está causando essas chuvas é a mistura de duas coisas. “Basicamente, o que a gente precisa para essas chuvas é calor e umidade. Por isso elas acontecem, principalmente, no fim da tarde e início da noite”, explicou.

Na quarta-feira (23), três cidades do Sertão registraram precipitações significativas. Em São José do Brejo do Cruz, foram 40 mm. Já em Lagoa, na região de Catolé do Rocha, a Aesa registrou 49 mm. O maior nível foi em São Bento, com 77,5 mm.

Na zona rural do município de Paulista, a 450 km de João Pessoa, as chuvas aumentaram o volume de água em alguns mananciais da região, que chegaram a sangrar. O Rio Piranhas, por exemplo, subiu o volume e um veículo Hilux que passava em uma via ficou atolado e quase foi encoberto pela água. De acordo com a Aesa, houve chuva em 77 locais da Paraíba entre terça e quarta-feira.

‘O fenômeno do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis se deslocou favorecendo essas chuvas. Até o fim do mês, as chuvas devem continuar por causa dessas situações, principalmente no Sertão paraibano”, afirmou Lindenberg Silva. As informações são do G1.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here