Chateado com o tratamento que tem recebido dentro de seu bloco político, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), desabafou sua incredulidade, e declarou ter a impressão de que as candidaturas para as eleições de 2018 na Paraíba poderão ser registradas na Central de Polícia, ao invés de ser no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

“Eu tenho a impressão de que no próximo ano as candidaturas serão registradas na Central de Polícia, e não mais no TRE. Está muito desgastante esse processo eleitoral paraibano”, declarou o prefeito, durante inauguração do SESI Museu Digital, ontem à noite, em Campina Grande.

O desabafo de Romero foi feito em resposta à imprensa, quando questionado sobre a convenção estadual do PSDB, que acontecerá neste final de semana, em João Pessoa. Defensor da candidatura do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), ao Governo do Estado em 2018, o ex-deputado federal Ruy Carneiro será reconduzido à presidência da legenda tucana na Paraíba.

Apesar do visível desestímulo, o prefeito campinense disse que sua pré-candidatura a governador se mantém viva, embora entenda que o momento não é adequado para tratar sobre questões políticas.

“Não adianta a gente falar de candidatura neste ano porque partido nenhum vai bater o martelo sobre candidatura com tamanha antecedência. A (minha) candidatura se mantém, agora, eu só não vou fazer com obsessão”, observou Romero Rodrigues.

De acordo com o blog do jornalista Suetoni Souto Maior, nos bastidores, há briga Romero para convencer o PSDB a apoiá-lo em detrimento do prefeito Luciano Cartaxo.

 

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here