CBF volta atrás e libera a presença de torcedores no Estádio Almeidão

0
CBF volta atrás e libera a presença de torcedores no Estádio Almeidão
Rômulo (E) com representantes da FPF, PM e Sejel

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) voltou atrás da decisão tomada na última sexta-feira (12) e liberou, nesta terça-feira (16), a presença de público no Estádio Almeidão, em João Pessoa. O anúncio feito pelo secretário da Comissão Nacional de Inspeção de Estádios (CNIE) da CBF, Rômulo Reis.

O representante da CBF esteve no início desta tarde vistoriando o entorno do Estádio Almeidão, na companhia do presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues. Também participaram da inspeção, representantes da Polícia Militar e da Secretaria Estadual de Esportes e Lazer.

Com a liberação, a partida desta noite entre Campinense e Imperatriz, válida pela Copa do Nordeste, terá a presença de torcedores. O duelo acontece em João Pessoa porque o clube de Campina Grande precisou pagar uma punição de um jogo em virtude de um incidente registrado no Nordestão do ano passado.

Reação de Ricardo

No último domingo (14), o governador Ricardo Coutinho (PSB), que foi ao estádio assistir a estreia do Botafogo na Copa do Nordeste, se mostrou indignado com a informação do veto estabelecido pela CBF ao Almeidão. Em tom de desabafo, ele disse que se fosse preciso iria entrar, pessoalmente, em contato com a CBF, visando sanar o problema.

“Me desculpem o desabafo. Mas chega! Não tem ninguém que bote pra frente, é só obstáculo. Chega de querer colocar o futebol da Paraíba para trás. Eu particularmente vou entrar em contato com a CBF e me posicionar contra isso”, adiantou Ricardo no último domingo.

Saiba mais

A polêmica envolvendo o Almeidão começou na última sexta-feira, quando o Ministério Público da Paraíba recomendou o veto à Torcida Jovem do Sport na partida do domingo entre Botafogo-PB e Sport, na estreia dos dois clubes na Copa do Nordeste.

A justificativa para o veto foi baseada em confusões entre a torcida organizada rubro-negra e a Polícia Militar, ocorridas em 2014, também em jogo contra o Belo pelo Nordestão daquele ano.

Em seguida, a CBF alegou ter recebido um documento do MP da Paraíba, a partir do qual optou por determinar torcida única no Almeidão. Mas, a essa altura, os ingressos já estavam à venda e torcedores do Sport já haviam comprado bilhetes.

No fim das contas, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) acatou a determinação da CBF e os torcedores rubro-negros foram impedidos de entrar no estádio vestidos com uniformes do clube.

O mesmo documento que determinava torcida única em Botafogo-PB x Sport também previa que, a partir de então, todos os jogos da Copa do Nordeste, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, que venham a ser realizados no Almeidão, aconteçam sem a presença da torcida, até que os problemas nos arredores do estádio fosse resolvidos.

 

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here