Lau Siqueira

  • “É proibido cochilar!” – Viva o Forró!

    por - 21 / abr / 2017
    A divulgação da programação do Maior São João do Mundo este ano causou furor entre os forrozeiros. Não é pra menos. Afinal, o forró vem sendo sumariamente eliminado ano a ano.  Não é de hoje. Não...
  • Não precisa chorar, Eliza Virgínia!

    por - 15 / abr / 2017
    Sem qualquer surpresa li algumas matérias sobre o projeto da vereadora Eliza Virgínia (PSDB-João Pessoa) abordando esses fenômenos da urbe universal chamados pichação e grafitagem. Ela é muito previsível, pensei. Não dava para esperar algo menos...
  • Luzes no Vale do Sabugi

    por - 7 / abr / 2017
    Pode parecer estranho falar de luzes em tempos de treva. Afinal, se é verdade que a operação Lava-Jato recuperou 10 bilhões de reais desviados pela corrupção, também é verdade que suas consequências causaram um rombo de...
  • A angústia do mundo numa bolha de sabão

    por - 1 / abr / 2017
    O desafio das políticas públicas nos remete permanentemente para uma reflexão acerca das nossas práticas cotidianas. Principalmente para compreendermos, por exemplo, a necessidade das ações planejadas em rede. Despersonalizar é preciso. O isolamento é algo que...
  • A lenda do pato amarelo

    por - 26 / mar / 2017
    O Brasil vive um desastre político de proporções ainda imprevisíveis. Infelizmente as perspectivas de recuperação imediata não são muito animadoras. Não se trata só de uma crise institucional. Há uma crise de civilização. Há uma crise...
  • Era uma vez um Ministério da Cultura…

    por - 17 / mar / 2017
    Na tarde desta quinta-feira (16) o atual ministro da Cultura, Roberto Freire, esteve reunido com o Fórum Nacional do Secretários de Cultura em Brasília. A reunião foi pactuada pelos secretários após alguns meses de cautelosa e...
  • Entre o Lajedo e a Palavra – lá vem a 8ª FLIBO

    por - 11 / mar / 2017
    Boqueirão é uma cidade da Paraíba situada no Cariri. Uma cidade cheia de possibilidades, onde em breve a transposição do Rio São Francisco trará mais que água para a Cidade as Águas.  Terra das Crocheteiras e ...
  • Anayde Beiriz: mulher moderna numa Paraíba antiga

    por - 8 / mar / 2017
      Aureni Maria da Silva. Mestre em História Contemporânea – Universidade Nova de Lisboa  Neste artigo apresento as questões de gênero e os textos literários com práticas emancipatória da professora e escritora, Anayde Beiriz, que contribuíram...
  • Memórias do VII Encontro de Literatura Contemporânea

    por - 3 / mar / 2017
    Se às vezes dá vontade de abandonar o barco? Não sei.  Alguns abandonam. Outros jamais embarcam. O fato é que em alto mar as coisas nunca deixam de acontecer. O movimento das águas independe de nós. Nas...
  • A pedagogia do afeto

    por - 24 / fev / 2017
    Escrever é um ato posterior à leitura. Portanto, afirma a importância de um aprendizado que começa na identificação dos códigos da leitura. Em cada processo de incentivo à escrita criativa a leitura se faz presente de...